Notícias | Dia a dia | US Open
Último título de US Open de Agassi completa 20 anos
12/09/2019 às 08h00
Felipe Priante

Se no último sábado foi comemorado o aniversário de 50 anos do segundo Grand Slam do australiano Rod Laver, nesta quinta-feira é a vez do norte-americano Andre Agassi celebrar os 20 anos de seu segundo e último título do US Open, batendo o compatriota Todd Martin em uma final de duas viradas e placar final de 6/4, 6/7 (5-7), 6/7 (2-7), 6/3 e 6/2.

A conquista levou Agassi de volta à liderança do ranking e o ajudou, mais tarde, a acabar com o reinado do compatriota Pete Sampras, que nas seis temporadas anteriores havia terminado como o número 1 do mundo. Naquele mesmo ano, Agassi também havia levantado a taça de Roland Garros, completando assim o Grand Slam de carreira.

Cabeça de chave número 2 na disputa do US Open de 1999, onde havia se consagrado pela primeira vez em 1994, Agassi chegou até as semifinais tendo perdido apenas um set na terceira rodada para o compatriota Justin Gimelstob. Na penúltima rodada, ele saiu perdendo do russo Yevgeny Kafelnikov, mas virou e venceu com parciais de 1/6, 6/3, 6/3 e 6/3.

Então líder do ranking e principal favorito na chave, Sampras desistiu de última hora com uma lesão nas costas e foi substituído pelo lucky-loser sueco Mikael Tillstrom. Já o australiano Patrick Rafter, campeão das duas edições anteriores, sofreu com uma tendinite no ombro e caiu na estreia diante do francês Cédric Pioline, que depois embalou e foi até a semi.

O Brasil contou com dois representantes naquela edição do US Open, o principal deles o catarinense Gustavo Kuerten, quinto pré-classificado no torneio. Ele chegou até as quartas de final, caiu diante de Pioline em partida na qual venceu o primeiro set e perdeu os três seguintes no tiebreak. Fernando Meligeni também estava na chave e não passou da segunda rodada.

Comentários