Notícias | Dia a dia | US Open
Andreescu salta 203 posições em um ano e será top 5
07/09/2019 às 19h49

A jovem canadense de 19 anos levou a melhor contra Serena na final do US Open

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - Campeã do US Open neste sábado, Bianca Andreescu coroou sua excelente temporada com a primeira conquista em um Grand Slam. A vitória por 6/3 e 7/5 sobre Serena Williams na decisão em Nova York ajuda a jovem canadense a escalar ainda mais o ranking da WTA. A partir da próxima segunda-feira, ela estará entre as cinco melhores do mundo.

Com uma notória evolução no circuito, Andreescu era a número 208 do mundo há doze meses e começou a temporada apenas no 152º lugar do ranking. Campeã de dois torneios muito fortes de nível Premier, em Indian Wells e Toronto, além de ter sido finalista em Auckland e a semifinalista em Acapulco, ela chegou a Nova York na 15ª posição do ranking e irá ultrapassar outras dez concorrentes com os 2 mil pontos conquistados. Este ano, também marcou oito vitórias contra adversárias do top 10.

Andreescu já tem um dos maiores saltos na história do ranking e pode repetir feitos de outras lendas do esporte. Em 2005, Kim Clijsters começou a temporada como 134ª do ranking e terminou o ano na vice-liderança. Naquele mesmo ano, Martina Hingis estava voltando ao circuito com o ranking zerado e terminou o ano como número 7 do mundo.

Outras duas jogadoras já inciaram temporadas sem posição no ranking e encerraram aquele anos no top 10. Em 1980, Andrea Jaeger saiu do zero até o sétimo lugar do ranking mundial. Dez anos depois, Jennifer Capriati iniciou o ano sem pontos e o encerrou na oitava colocação.

Comentários