Notícias | Dia a dia
Melo e Kubot superam rodada dupla e faturam título
23/08/2019 às 20h07

Marcelo Melo comemora seu 33º título de ATP na carreira e acumula 13 troféus ao lado de Kubot

Foto: Arquivo

Winston-Salem (EUA) - Pela primeira vez na temporada, Marcelo Melo e Lukasz Kubot comemoram um título jogando juntos. Horas depois de disputarem a semifinal do ATP 250 de Winston-Salem, o mineiro e o polonês confirmaram a condição de principais cabeças de chave e completaram a rodada dupla desta sexta-feira com vitória por 6/7 (6-8), 6/1 e 10-3 sobre os norte-americanos Nicholas Monroe e Tennys Sandgren, convidados da organização.

Quinto melhor duplista no ranking mundial e melhor brasileiro na atual lista da ATP, Marcelo Melo comemora seu 33º título na elite do circuito. Ao lado de Kubot, o mineiro de 35 anos acumula 13 troféus, sendo dois em torneios ATP 250, como o desta semana. Por sua vez, Kubot está com 37 anos e comemora seu 25º título. O experiente polonês é o quarto colocado no ranking.

Melo e Kubot foram a quinta melhor parceria da temporada na corrida por vaga no ATP Finals. Eles já haviam disputados as finais no Masters 1000 de Indian Wells e no ATP 500 na grama alemã de Halle e alcançaram seis semifinais ao longo de 2019. O próximo compromisso da parceria será o US Open. Melo e Kubot foram finalistas do Grand Slam norte-americano no ano passado.

Confira como foi a partida desta sexta-feira

"Estamos muito felizes e agora vamos com força total no US Open. Fizemos um plano bem feito de vir jogar aqui e chegar lá muito bem preparados", analisou Marcelo Melo após a conquista em Winston-Salem. "Jogamos bem desde o começo. Tivemos duas chances de quebra no primeiro set, mas eles jogaram muito bem e aproveitaram uma oportunidade no tie-break. A chuva acabou nos ajudando muito. Voltamos com muita energia. Conseguimos jogar 100% e não deixamos escapar nenhuma chance, fomos agressivos e isso que culminou no nosso título". 

A final desta sexta-feira começou equilibrada e o primeiro set não teve quebras. Melo e Kubot sequer enfrentaram break points durante a parcial, mas não aproveitaram suas quatro chances de passarem à frente. A dupla norte-americana acabou prevalecendo no tiebreak.

A primeira quebra da partida aconteceu já no segundo set. O mineiro e o polonês lideravam o placar por 4/1 quando começou a chover e o jogo foi suspenso. Na volta, os principais cabeças de chave voltaram a quebrar e fecharam o set vencendo cinco games seguidos. Com a confiança em alta, Melo e Kubot dominaram o match tiebreak e abriram 5-0. Os norte-americanos sequer conseguiram vencer dois pontos seguidos no game-desempate e não conseguiram evitar a conquista dos favoritos.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis