Notícias | Outros
Stephens volta a trabalhar com Kamau Murray
22/08/2019 às 13h33

Nova York (EUA) – Número 11 do mundo, Sloane Stephens volta a trabalhar com o técnico Kamau Murray às vésperas do US Open, que começa nesta segunda-feira. "Feliz de estar de volta com Kamau para as próximas semanas", escreveu a americana em sua mídia social, uma semana depois de anunciar o término com Sven Groeneveld, com quem trabalhou por três meses. Anteriormente, Stephens tinha trabalhado com Kamau por 8 meses e se separaram em janeiro deste ano.

Stephens começou a trabalhar com Murray no fim de 2015 e foram bem-sucedidos por três anos, período em que ganhou seu primeiro Grand Slam, o US Open em 2017, e o Miami Open e foi vice em Roland Garros em 2018. Murray não a acompanhou no Australian Open deste ano e no fim de janeiro anunciou que iria trabalhar com Monica Puig, de Porto Rico, medalhista de ouro olímpica.

A parceria de Stephens com Groeneveld inicialmente foi bem na temporada de saibro, com a semifinal em Madri e as quartas de final em Roland Garros. Mas desde Wimbledon registrou apenas uma vitória e três derrotas e nesta semana saiu do Top 10 pela primeira vez desde março de 2018.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis