Notícias | Dia a dia
Monteiro cai para australiano em jogo duro nos EUA
20/08/2019 às 00h09

Monteiro agora segue para a disputa do US Open, que começa na próxima segunda-feira

Foto: Divulgação

Winston-Salem (EUA) - Em partida muito equilibrada e decidida nos detalhes, Thiago Monteiro acabou sendo eliminado ainda na estreia do ATP 250 de Winston-Salem. Número 1 do Brasil e centésimo colocado no ranking mundial, o cearense de 25 anos perdeu por 5/7, 6/4 e 7/6 (9-7) para o australiano de 20 anos e 106º do ranking Alexei Popyrin. A partida teve 2h15 de duração, mas ficou interrompida por chuva por cerca de 5h30.

Curiosamente, Monteiro fez até mais pontos que seu adversário. Foram 100 para ele contra 98 de Popyrin. O australiano liderou a contagem de aces por 16 a 8. A partida teve apenas duas quebras, uma para cada lado, sendo que Popyrin aproveitou o único break point que teve, enquanto Monteiro criou outras duas chances.

Monteiro agora segue para a disputa do US Open. Ele entrou diretamente na chave por conta do ranking. O Grand Slam norte-americano começa na próxima segunda-feira. Já Popyrin será o próximo rival do cabeça 13 sérvio Miomir Kecmanovic em Winston-Salem.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Thiago Monteiro (@thiagomonteiro94) em

Monteiro teve ótimo desempenho no saque durante o primeiro set. Ele disparou cinco aces, não enfrentou break points e cedeu apenas quatro pontos em seus games de serviço. Popyrin também vinha sendo muito firme, mas acabou permitindo a quebra já no penúltimo game da parcial. Monteiro conseguiu uma série de devoluções profundas para induzir o rival a uma série de erros de forehand. No game seguinte, o cearense definiu o set novamente sacando muito bem.

Os sacadores também vinham prevalecendo no segundo set. Monteiro confirmou seus quatro primeiros games de serviço sem ser ameaçado e perdendo apenas três pontos. Quando perdia por 5/4, o cearense abriu 30-0, mas cometeu quatro erros seguidos. No primeiro break point que enfrentou, o número 1 do Brasil sofreu com uma devolução agressiva em seu backhand e acabou sofrendo a primeira quebra da partida justamente no último game de parcial.

O terceiro set teve cinco games disputados ainda durante a tarde e sem quebras até que começasse a chover forte. Naquele momento, Popyrin vencia por 3/2. Com várias alterações de horário e até uma mudança de quadra, a partida ficou suspensa por cerca de 5h30. O jogo foi finalmente retomado já no fim de noite desta segunda-feira. Monteiro permaneceu firme no saque, mas perdeu dois break points no 3/3.

A definição ficou para o tiebreak, que teve Popyrin em vantagem por duas vezes. O australiano chegou a liderar por 4-2, mas Monteiro buscou a igualdade. Com o placar empatado por 5-5, o cearense exagerou na força em um forehand e possibilitou que o rival tivesse um match point no saque. O australiano cometeu um erro e a disputa continuou. O número 1 do Brasil ainda salvou um match point no saque, mas não conseguiu ficar em vantagem em nenhum momento e acabou sofrendo com bolas profundas e bons saques do rival na reta final do jogo.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis