Notícias | Dia a dia
Clezar e Sakamoto iniciam a semana com vitórias
22/07/2019 às 12h19

Clezar irá desafiar agora o cabeça de chave 6

Foto: Fotojump

Tampere (Finlândia) - O gaúcho Guilherme Clezar teve uma firme estreia no challenger de Tampere, disputado no saibro e com premiação de 46.600 euros. Nesta segunda-feira, ele abriu campanha diante do húngaro Zsombor Piros, triunfando em sets diretos, com o placar final de 6/3 e 6/4, após 1h27 de confronto.

Na segunda rodada, o atual 304 do mundo e quinto melhor do Brasil no ranking terá pela frente o italiano Federico Gaio, sexto mais bem cotado ao título no saibro finlandês, que entra adiantado na chave. Será a primeira vez que Clezar e o italiano de 27 medirão forças pelo circuito.

Clezar começou abrindo 2/0 logo de cara, chegou a perder o break de vantagem no terceiro game, mas em seguida voltou a bater o saque do rival húngaro. Com mais duas quebras, uma para cada lado, o gaúcho se manteve na frente e venceu o primeiro set.

A segunda parcial teve mais uma vez o brasileiro fazendo 2/0. Piros chegou a deixar tudo igual em 3/3, mas uma nova quebra em favor de Clezar, no nono game, fez a diferença e acabou garantindo sua classificação para a próxima rodada.

Sakamoto arrasa em Praga

Completando o ótimo primeiro dia da semana para os brasileiros em challengers, o paulista Pedro Sakamoto conquistou uma excelente vitória sobre o francês Tom Jomby, anotando arrasadores 6/1 e 6/2, gastando apenas 56 minutos na estreia em Praga.

Sakamoto enfrentou apenas um break-point contra em toda a partida, logo no primeiro game, se salvou e dominou o placar. No primeiro set ele aproveitou os dois breaks que teve e repetiu o feito no segundo, quando conquistou duas quebras em quatro oportunidades.

Na segunda rodada, o paulista de Guarulhos medirá forças com mais um francês, desta vez o cabeça de chave 7 Constant Lestienne, que entra adiantado na chave. Outro que também sai avançado é o paulista Rogério Silva, 10º pré-classificado, que espera pelo vencedor do duelo ente o holandês Jelle Sels e o português Federico Silva.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis