Notícias | Dia a dia
Pedretti alcança sua quarta final do ano no México
20/07/2019 às 13h22

Pedretti tenta conquistar seu quarto título como profissional

Foto: Arquivo

Cancún (México) - Pela quarta vez no ano, Thaísa Pedretti disputará uma final de ITF de US$ 15 mil no piso duro de Cancún, no México. Ela venceu a semifinal deste sábado contra a israelense Lina Glushko por 6/4 e 6/3. Sua adversária na final será a norte-americana Adriana Reami.

Pedretti tem três títulos no circuito profissional da ITF. O mais recente foi conquistado no início de junho. Também no México, a paulista de 20 anos disputou outras duas finais em 2019. Uma delas foi uma final brasileira vencida pela carioca Ingrid Martins, há duas semanas.

Atualmente ocupando apenas o 800º lugar do ranking da WTA, Pedretti já chegou a estar na 461ª posição em julho do ano passado. É possível que a paulista de 20 anos suba bastante no ranking em agosto, quando os pontos de torneios de US$ 15 mil voltarem a valer para o ranking.

O torneio também conta pontos para o novo ranking de profissionais da ITF, que possibilita a entrada em torneios maiores. A campeã levará 100 pontos, com 60 para a vice. Atualmente, Pedretti é a 107ª colocada na lista da Federação Internacional.

Stefani cai na semi de duplas - A paulistana Luisa Stefani caiu na semifinal do ITF norte-americano de US$ 60 mil no piso duro de Berkeley, na Califórnia. Stefani e a mexicana Giuliana Olmos caíram diante da norte-americana Francesca Di Lorenzo e da britânica Katie Swan por 6/3, 6/7 (2-7) e 11-9.

Aos 21 anos, Stefani é a melhor brasileira no ranking de duplas da WTA. A paulistana aparece atualmente no 104º lugar e já garantiu 29 pontos com a boa campanha na Califórnia. Na temporada, ela disputou seu primeiro Grand Slam como profissional em Roland Garros e conquistou o maior título da carreira no ITF de US$ 100 mil na grama de Ilkley, em parceria brasileira com Beatriz Haddad Maia.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis