Notícias | Dia a dia
Rogerinho é o único brasileiro a avançar na Itália
17/07/2019 às 16h24

Rogerinho venceu duelo de três sets contra colombiano nesta quarta

Foto: Arquivo

San Benedetto (Itália) - Em rodada com três brasileiros em quadra nesta quarta-feira, apenas Rogério Dutra Silva conseguiu avançar às oitavas de final do challenger italiano de San Benedetto, torneio de 46,6 mil euros e disputado no saibro. O experiente paulista de 35 anos e 228º do ranking precisou de três sets e 2h07 para derrotar o colombiano Daniel Elahi Galan, 173º colocado, por 6/2, 3/6 e 6/3.

Décimo cabeça de chave no torneio, Rogerinho entrou diretamente na segunda rodada da competição. Ele conquista sua 11ª vitória em challengers na temporada, além de também ter vencido quatro jogos em qualis de ATP em 2019. Seu principal resultado no ano foi o título do challenger australiano no piso duro de Playford, em janeiro.

Rogerinho já garante sete pontos no ranking com a vitória, mas tem a missão de defender 12 pontos, referentes à campanha feita no ATP de Umag do ano passado. Além disso, ele defende mais sete pontos na semana seguinte. Seu adversário nas oitavas será o tcheco Jan Satral, 401º colocado no ranking, em confronto inédito no circuito.

Confira como foi a partida de Rogerinho

Wild e Sakamoto caem na 2ª rodada - Dois brasileiros foram eliminados nesta quarta-feira pela segunda rodada em San Benedetto. O jovem paranaense Thiago Wild, jogador de 19 anos e 347º do ranking, levou a virada do dominicano de 29 anos e 273º colocado Jose Hernandez-Fernandez com parciais de 6/1, 6/7 (6-8) e 6/3. Já o paulista Pedro Sakamoto, que ocupa o 375º lugar aos 26 anos, perdeu 7/6 (7-3) 4/6 e 6/1 para o italiano Federico Gaio, cabeça 4 do torneio e número 171 do mundo.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis