Notícias | Dia a dia
Montréal conta com jovens para suprir Federer
17/07/2019 às 10h56

Montréal (Canadá) - Anunciada logo após a derrota na final de Wimbledon, a ausência do suíço Roger Federer no Masters 1000 de Montréal com certeza será sentida pela direção do torneio, que espera bater o recorde de venda de ingressos. Sem poder contar com um dos nomes mais populares do esporte mundial, a organização acredita que os jovens tenistas da casa possam suprir tal ausência.

Diretor do torneio canadense, Eugene Lapierre contou ao Tennis World que a ausência de Federer não foi surpresa. “Já trabalhávamos com a possibilidade de sua ausência. Conversamos algumas vezes antes durante Wimbledon e ele sempre disse que faria um calendário reduzido até o fim da temporada. Sabíamos que se ele fosse longe em Wimbledon dificilmente viria jogar aqui”, afirmou o organizador.

“Por isso não foi uma grande surpresa. Esperamos agora contar com o apelo dos jovens tenistas da casa, principalmente com Felix Auger-Aliassime e Denis Shapovalov. Acredito que possamos bater o recorde de 216 mil pessoas durante o torneio”, declarou Lapierre, que também conta com a presença do espanhol Rafael Nadal para ajudar nas vendas de ingressos.

Atual campeão do torneio, o canhoto de Mallorca venceu o jovem grego Stefanos Tsitsipas na final do ano passado (em Toronto) e na sequência desistiu de competir no Masters 1000 de Cincinnati para poupar os joelhos. “Estamos em contato com seu time, ele defende o título e quer jogar aqui de novo”, afirmou o diretor do Masters 1000 canadense.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis