Notícias | Dia a dia
Djokovic lidera absoluto e Federer encosta em Nadal
15/07/2019 às 08h47

Miami (EUA) - Campeão pela quinta vez de Wimbledon, defendendo a conquista do ano passado, o sérvio Novak Djokovic manteve intacto seu domínio no ranking da ATP e continua mais de 4 mil pontos à frente do espanhol Rafael Nadal, que também repetiu seu resultado da temporada passada na grama do All England Club. ‘Nole’ tem atualmente 12.415 pontos no ranking contra 7.945 de Rafa.

Se os dois mantiveram exatamente a mesma pontuação da última lista, o mesmo não aconteceu com o suíço Roger Federer, que havia parado nas quartas de Wimbledon em 2018 e agora ficou com o vice-campeonato, saindo de 6.620 pontos para os atuais 7.460. Ele encostou de vez em Nadal e tem agora menos de 500 pontos de diferença para o canhoto de Mallorca e entra direto na briga pelo número 2.

O restante do top 5 se manteve inalterado após a disputa do terceiro Grand Slam do ano. Eliminado logo na estreia do torneio, o austríaco Dominic Thiem continua ocupando a quarta colocação com os mesmos 4595 pontos de antes. Já o alemão Alexander Zverev perdeu 80 pontos com a queda também na primeira rodada e agora tem 4.325.

Para sorte do alemão, o grego Stefanos Tsitsipas também perdeu terreno e embora tenha mantido a sexta colocação, está mais distante de Zverev. O sétimo do mundo, o japonês Kei Nishikori, repetiu a campanha do ano passado em Wimbledon e assim também a distância para o germânico. As outras três posições do top 10 acabaram mudando da última lista para cá.

Karen Khachanov e Fabio Fognini ganharam uma colocação cada e se firmaram ainda mais no top 10, o russo aparecendo no oitavo lugar e o italiano em nono. Fechando a lista aparece o russo Daniil Medvedev, que ganhou três posições e entrou para top 10 pela primeira vez, ocupando justamente a 10ª colocação.

Um pouco mais embaixo, destaque para as ascensões dos norte-americanos Sam Querrey e Tennys Sandgren, ambos ganhando mais de 20 colocações, conseguindo duas das três maiores disparadas do top 100, sendo a outra delas a do cearense Thiago Monteiro. Querrey ganhou 26 lugares e agora é o 39º do mundo, ao passo que Sandgren melhorou 22 postos e subiu para o 72º.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis