Notícias | Dia a dia
Monteiro sobe 25 posições e retorna ao top 100
15/07/2019 às 08h13

Miami (EUA) - Depois de mais de um ano, o Brasil voltou a ter um representante no top 100 da ATP. O cearense Thiago Monteiro aproveitou muito bem as duas últimas semanas, conseguiu bons resultados e deu uma disparada de 25 colocações que o levaram a aparecer na 88ª posição na lista desta segunda-feira.

Primeiro, o canhoto cearense conseguiu somar 35 pontos ao furar o qualificatório de Wimbledon, onde perdeu na primeira rodada. Eliminado do torneio, ele aproveitou a semana seguinte para disputar o challenger de Braunschweig, onde brilhou e venceu cinco partidas para conquistar o título.

A campanha no saibro alemão rendeu mais 90 pontos para Monteiro, que de um ranking para o outro acabou somando 125 e dando assim um enorme salto no ranking. Ele não aparecia no top 100 desde o dia 12 de fevereiro do ano passado, quando era o 96º do mundo.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Feliz pela superação hoje. 2 jogos e 2 noticias difíceis de digerir no mesmo dia. Só tenho a agradecer as pessoas especiais que tenho ao meu lado. Essa é pra você Pedrão💪🏾🎾 @dumonttenis #braunschweig

Uma publicação compartilhada por Thiago Monteiro (@thiagomonteiro94) em

Também conseguiu uma boa subida, ganhando 23 lugares, o paulista Rogerio Silva, que venceu um jogo no quali de Wimbledon e depois mais um jogo no challenger de Perugia, abandonando na segunda partida. Ele agora é o 210º do mundo e está a 22 pontos do top 200.

De volta às quadras após mais de dois meses de afastamento, o paulista Thomaz Bellucci até venceu uma em Perugia, mas acabou perdendo oito lugares no ranking e agora é apenas o 266º, um lugar à frente do mineiro João Menezes, que se manteve no 267º posto.

Outros dois que conseguiram boas subidas foram Guilherme Clezar e Thiago Wild. O gaúcho melhorou 13 colocações na lista da ATP e foi para o 309º lugar, ao passo que o jovem paranaense ganhou 11 posições e agora é o 348º do mundo, melhor ranking de sua carreira até então. Ele também é um dos 10 mais bem colocados entre os tenistas com menos de 20 anos.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis