Notícias | Dia a dia | Wimbledon
De olho no 1º Slam, colombianos vão à final de duplas
11/07/2019 às 15h57

Robert Farah e Juan Sebastian Cabal defendem invencibilidade de nove jogos na grama

Foto: Divulgação

Londres (Inglatera) - O sonho do primeiro título de Grand Slam segue vivo para Robert Farah e Juan Sebastian Cabal. A forte parceria colombiana garantiu nesta quinta-feira um lugar na final de duplas masculinas em Wimbledon após a vitória sobre o sul-africano Raven Klaasen e o neozelandês Michael Venus por 6/4, 6/7 (4-7), 7/6 (7-2) e 6/4.

Farah e Cabal, respectivamente com 32 e 33 anos, jogam juntos desde 2013 e já acumulam 15 títulos de ATP, incluindo dois Masters 1000. Os colombianos são atualmente a melhor dupla da temporada de 2019 e defendem uma invencibilidade de nove jogos na grama, já que foram campeões de Eastbourne uma semana antes de Wimbledon.

A final na grama do All England Club é a segunda para os colombianos em um Grand Slam. Em janeiro do ano passado, eles ficaram com o vice no Australian Open, superados pelo austríaco Oliver Marach e pelo croata Mate Pavic. Cabal ainda tem um vice de Roland Garros em 2011, ao lado do argentino Eduardo Schwank. Nos últimos anos, os colombianos jogaram outras três semis de Slam.

Os adversários de Farah e Cabal na final marcada para sábado serão os franceses Nicolas Mahut e Edouard Roger-Vasselin, que derrotaram o croata Ivan Dodig e o eslovaco Filip Polasek por 6/2, 7/6 (9-7) e 7/6 (7-2). Os franceses possuem seis títulos de ATP jogando juntos, sendo quatro entre 2012 e 2013 e mais dois no ano passado, nas quadras duras e cobertas da Antuérpia e de Metz.

Aos 37 anos, Mahut já conquistou todos os títulos de Grand Slam em duplas masculinas ao lado de Pierre-Hugues Herbert. Em Wimbledon, triunfaram em 2016. Seu antigo parceiro, hoje com 28 anos, decidiu focar no circuito de simples, mas entrou de última hora em Wimbledon ao lado de Andy Murray. Já Roger-Vasselin está com 35 anos e tem um título de Roland Garros em 2014 ao lado de Julien Benneteau.

Comentários