Notícias | Dia a dia | Wimbledon
'Big 3' tenta repetir Paris e chegar junto à semi
09/07/2019 às 15h05

Londres (Inglaterra) - Depois de ficarem três anos e meio sem conseguirem ir juntos às semifinais, o sérvio Novak Djokovic, o espanhol Rafael Nadal e o suíço Roger Federer podem repetir Roland Garros e novamente alcançar ao mesmo tempo a penúltima rodada, desta vez em Wimbledon. Para isso, eles terão que superar seus oponentes nesta quarta-feira no All England Club.

Atual campeão do torneio, Djokovic abrirá o dia na Quadra Central enfrentando o belga David Goffin às 9h (horário de Brasília). Embora tenha perdido o último duelo entre eles, dois anos atrás no saibro de Monte Carlo, o sérvio tem ampla vantagem no histórico, vencendo os outros cinco embates, quatro deles em quadras duras e mais um na terra batida.

Logo na sequência, quem estará em ação no principal palco do Grand Slam britânico será Federer, que terá talvez o confronto mais duro do ‘Big 3’ medindo forças com o japonês Kei Nishikori, que também se deu bem na última partida entre eles, mas que perde o retrospecto geral por 7 a 3. No único duelo na grama, vitória do suíço em Halle, nas semifinais de 2014.

Diferente dos dois primeiros, Nadal jogará na Quadra 1, onde fará a segunda partida do dia. Ele terá pela frente o potente saque do norte-americano Sam Querrey, que o superou no encontro mais recente entre eles, na final do ATP 500 de Acapulco de 2017. Contudo, nos outros quatro enfrentamentos foi o canhoto de Mallorca que triunfou, dois deles no piso duro e dois no saibro.

A outra partida de quartas de final da quarta-feira será entre o espanhol Roberto Bautista, que abrem o dia na Quadra 1 às 9h. Será o primeiro encontro dos dois na grama, completando o trio de pisos, com vitórias de Bautista no saibro de Munique, nesta temporada, e no sintético do Australian Open, dois anos atrás.

Comentários