Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Raonic: 'Quando o Big 3 parar, tudo ficará mais aberto'
08/07/2019 às 08h18

Londres (Inglaterra) - Um dos classificados para as oitavas de final de Wimbledon, o canadense Milos Raonic comemora o bom momento físico, essencial para um bom desempenho dentro de quadra. Em entrevista aos sérvios do Sportklub, ele também falou sobre o domínio do Big 3 no circuito, prevendo uma maior variedade de campeões após a aposentadoria do suíço Roger Federer, do espanhol Rafael Nadal e do sérvio Novak Djokovic.

“Eles são os melhores da história do tênis e você precisa dar tudo de si quando os enfrenta para ter uma chance. Quando Novak, Rafa e Roger pararem tudo ficará mais aberto e será como no começo do século XXI com (Pete) Sampras, (Andre) Agassi e os demais. Não vejo um grupo dominando os títulos no futuro”, comentou o canadense, que nesta segunda-feira enfrentará o argentino Guido Pella.

Raonic acredita que os três são os principais favoritos para o título de Wimbledon. “Novak veio embalado depois de ganhar três dos últimos quatro Grand Slam. Rafa jogou muito bem em Paris e Roger vem buscando recuperar seu melhor nível, mas dois anos atrás conseguiu ser número 1 apesar da idade”, analisou o atual número 17 do mundo.

Questionado sobre os nomes que aponta para o futuro, ele pontuou Felix Auger-Aliassime, Alexander Zverev e Stefanos Tsitsipas, destacando o compatriota. “Acho que Felix é aquele que mais acredita em si mesmo, além de ser o mais jovem e com mais a evoluir”, opinou o canadense de 28 anos.

Impedido de competir na temporada de grama por causa de lesão, o tenista de 28 anos se mostrou contente com seu desempenho físico nas últimas semanas, em que fez semi em Stuttgart e quartas no Queen’s. “Sinto que meu corpo está bom, e que estou cada vez melhor. É difícil começar jogando bem no torneio e o mais importante é passar pela primeira semana e ter tempo para elevar seu nível de jogo”, disse.

“Tive muitos problemas físicos neste ano, mas neste momento nada me incomoda. Espero que continue assim durante o torneio e no resto da temporada”, complementou Raonic, que está a uma vitória de igualar sua campanha do ano passado no All England Club. Ele já conseguiu disputar uma final no Grand Slam britânico, ficando com o vice de 2016.

Comentários