Notícias | Dia a dia | Wimbledon
'Jogo da minha vida', diz próximo rival de Djokovic
06/07/2019 às 08h11

Londres (Inglaterra) - Responsável pela eliminação do canadense Felix Auger-Aliassime, cabeça de chave 19, o francês Ugo Humbert faz em Wimbledon sua melhor campanha da carreira em Grand Slam e agora terá pela frente um desafio ainda maior. O tenista de 21 anos enfrentará o sérvio Novak Djokovic, atual campeão do torneio e líder do ranking, pelas oitavas de final.

“Contra Djokovic espero um grande jogo, com muita intensidade. Será a partida a minha vida e tenho que me preparar muito bem para ela. Vai ser muito importante manter o mesmo estado de espírito. Vou jogar solto e para ganhar, tentarei impor meu estilo e ver o que acontece”, analisou o atual 66 do mundo, que entrará pela primeira vez no top 50 com sua campanha no All England Club.

Derrotado na primeira rodada de duplas, caindo diante da parceria do compatriota Pierre-Hugues Herbert com o britânico Andy Murray, Humbert revelou que esta partida foi importante para ele não apenas pelo privilégio de enfrentar dois jogadores consolidados no circuito, mas também para se acostumar com a quadra, a mesma na qual um dia depois derrubou Aliassime.

“Tive uma boa atitude e fui bom nos momentos importantes. O fato de ter jogado nesta quadra ontem (quinta-feira) realmente me ajudou. Acho que meu jogo se encaixa bem nessa superfície. Desde o primeiro treinamento senti que estava tudo bem para mim. Consigo pegar cedo na bola, jogo bem da linha de base, minha bola chapada é boa e gosto de ir para a rede para finalizar os pontos”, comentou o francês.

Humbert também falou não ter sentindo pressão na hora de fechar o jogo e ainda enalteceu o jovem rival. “Vencer Felix significa muito, ele é um grande tenista e estou seguro que irá fazer história no tênis. Eu me senti muito bem em quadra, estava realmente sereno, e mesmo no momento de fechar a partida eu não senti pressão”, finalizou tenista de Metz.

Comentários