Notícias | Dia a dia | Wimbledon
'Minha vida mudou em segundos', afirma Gauff
05/07/2019 às 21h36

Gauff agora desafia Simona Halep nas oitavas de final

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Garantida nas oitavas de final de Wimbledon, Cori Gauff falou sobre o quanto sua vida mudou ao longo da última semana. A jovem norte-americana de apenas 15 anos foi algoz de Venus Williams na rodada de estreia e também superou Magdalena Rybarikova e Polona Hercog no Grand Slam britânico e já percebe que o reconhecimento é muito maior.

"Eu me lembro que antes de jogar contra a Venus, quando você sai das quadras de treino, tinham algumas pessoas esperando e uma criança me pediu uma foto. Então, depois depois de jogar Venus, todo mundo já gritava meu nome. É muito surreal como a vida muda em questão de segundos", afirmou Gauff.

Nesta sexta-feira, Gauff precisou salvar dois match points na partida contra Hercog. "Mesmo quando eu estava em desvantagem, as pessoas na torcida estavam torcendo por mim a cada passo do caminho. Isso é algo que eu realmente apreciei durante a partida", comentou após a vitória por 3/6, 7/6 (9-7) e 7/5.

"Quando no último ponto, ela tentou um lobe, eu só fiquei pensando: 'Por favor, vá para fora. Por favor'. Depois, eu já estava pulando. Não conseguia acreditar. Foi uma partida longa e finalmente acabou!", comenta a atual 313ª colocada no ranking, que deverá se aproximar da 130ª posição com a ótima campanha.

Apesar da pouca idade, ela diz não ter se intimidado com o resultado adverso ou com o fato de atuar na Quadra Central. "Quando eu estava entrando na quadra, não estava nervosa, mas eu pensei 'Uau, eu estou realmente na Quadra Central', uma das mais sagradas do mundo'. E quando eu estava perdendo por 5/2, eu pensei que teria que lutar. 'Só preciso manter o saque e depois quebrar. Então, veremos o que acontece a partir daí".

Gauff agora se prepara para mais um enorme desafio. Ela desafia a romena Simona Halep, número 7 do mundo. "Eu assisto a muitos jogos dela. Nunca treinei ou bati bola com ela, então não sei como vou sentir a bola dela, mas eu estou realmente familiarizada com o jeito dela de tanto assistir a ela jogar".

Outro momento divertido da entrevista de Gauff foi quando a jovem tenista percebeu que as imagens de sua mãe, Candi, vibrando a cada ponto viralizaram nas redes sociais: "Por favor, digam que ela virou um meme", disse, sem segurar o riso. "Não vejo a hora de ver o Instagram!"

"Na hora, eu estava olhando mais para o meu pai. Mas depois do jogo, eu vi no Instagram as imagens dela comemorando. Não falei para ela, mas sabia que ela ia viralizar. Ela vai virar meme e eu vou ficar tuitando isso. Estou muito empolgada".

Comentários