Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Exigida, Serena vira o jogo contra promessa eslovena
04/07/2019 às 14h49

Serena agora reedita uma das semifinais do ano passado contra Julia Goerges

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - O segundo compromisso de Serena Williams em Wimbledon já foi um bom teste para a heptacampeã. A veterana de 37 anos e número 10 do mundo começou atrás no placar, mas buscou a virada contra a eslovena de apenas 18 anos Kaja Juvan, 133ª colocada e vinda do quali na grama londrina, com parciais de 2/6, 6/2 e 6/4.

Vencedora de 23 títulos de Grand Slam, Serena está disputando Wimbledon pela 19ª vez e segue sem ser eliminada nas duas primeiras rodadas. Além disso, ela só perdeu na terceira fase em três ocasiões, a primeira ainda em 1998, a segunda em 2005 e a última em 2014.

Finalista de Wimbledon no ano passado, Serena enfrenta na terceira rodada a alemã Julia Goerges, em reedição de uma das semifinais de 2018. Goerges, 17ª do ranking, marcou 6/1 e 6/4 contra a russa Varvara Flink. A norte-americana venceu os quatro duelos contra Goerges no circuito e nunca perdeu nenhum set para a alemã de 30 anos e ex-top 10.

Superada por Serena nesta quinta-feira, Juvan é mais um nome forte da nova geração do circuito feminino e já soma sete títulos como profissional. Medalhista de ouro em simples e duplas nos Jogos Olímpicos da Juventude, em Buenos Aires, a eslovena de 18 anos saltou do 555º para o atual 175º lugar no ranking da WTA durante o ano passado. Já em 2019, disputou seus dois primeiros Grand Slam, com direito a uma vitória em Wimbledon.

Começo de partida foi perigoso para Serena
O início de partida foi excelente para Juvan e preocupante para Serena. A ex-número 1 do mundo colocou apenas 50% de primeiros serviços em quadra durante o set inicial, além de cometer quatro duplas-faltas. Vulnerável, ela sofreu duas quebras de serviço, uma logo no segundo game e outra no oitavo, que definiu a parcial.

Além disso, Serena não conseguia encontrar um bom ritmo do fundo de quadra e terminou a parcial com apenas três winners e onze erros não-forçados, contra somente dois erros da rival. Nem mesmo as agressivas devoluções da americana fizeram efeito e ela só fez três pontos no saque da adversária.

Serena melhorou seu desempenho no saque e nos golpes de fundo durante o segundo set. Foram apenas cinco pontos perdidos em seus games de serviço, sendo só dois com o primeiro saque em quadra, além de onze bolas vencedoras. Mais confiante, a ex-número 1 já entrava na quadra para pressionar até mesmo o primiero saque de Juvan e teve sucesso, conseguindo duas quebras.

Apesar do início equilibrado no placar terceiro set, Serena pressionava constantemente o serviço de sua adversária e vinha confirmando seus games com tranquilidade. Não demorou muito para que isso se refletisse no resultado e a norte-americana venceu quatro games seguidos, fazendo 16 pontos em 19 possíveis. Vencendo por 5/2, Serena foi quebrada ao sacar para o jogo, mas ela conseguiu administrar a vantagem e definir o jogo dois games mais tarde. Serena fez 25 a 12 em winners e terminou o jogo com 26 erros contra 23 da rival.

Comentários