Notícias | Outros
Garotos terminam Sul-americano de 12, em 2º lugar
02/07/2019 às 16h04

Villa Maria (Argentina) – O Brasil terminou sua participação no Sul-americano de 12 anos no fim de semana passado, com o time masculino encerrando a competição em Villa Maria, na Argentina, com a segunda colocação, enquanto as meninas ficaram com o quinto lugar. O resultado valeu aos garotos uma vaga na Copa Cosat, que será disputada na Bolívia durante o segundo semestre deste ano.

O desempenho brasileiro no Sul-americano 12 anos foi superior ao do ano passado, quando os rapazes ficaram com o terceiro lugar e as meninas terminaram a competição, realizada em Trujillo, no Peru, em sétimo.

Na rodada final, disputada no sábado, o Brasil enfrentou a Colômbia após passar invicto pela sua chave, com vitórias sobre Uruguai (3 a 0), Paraguai (2 a 1), Venezuela (3 a 0) e Peru (3 a 0). O time masculino foi composto pelo mineiro Vitor Cunha Lima e os brasilienses Vinicius Bortolo e Pedro Chabalgoity. O capitão foi Eduardo Gordilho.

"Tivemos uma semana muito proveitosa, em que conseguimos aliar bons resultados dentro de quadra com importantes ensinamentos fora de quadra. A equipe foi muito disciplinada, mostrando sempre vontade de aprender, de melhorar, de amadurecer. Todos tiveram um excelente comportamento. Infelizmente, na final a Colômbia foi mais forte e mereceu ganhar, mas o importante foi que os garotos mostraram uma grande evolução por aqui", destaca Gordilho.

A equipe feminina, liderada pelo capitão Flávio Rosa, foi composta pela paulista Ana Maria Ramos, a gaúcha Yasmin Aguirres e a goiana Mariana Soares. Depois de um início complicado na competição, com as derrotas para Argentina (2 a 1) e Colômbia (3 a 0), as garotas mostraram um incrível poder de reação para encerrar o torneio com vitórias nos duelos sobre Venezuela (2 a 1), Paraguai (3 a 0) e Bolívia, na decisão do quinto lugar (2 a 0).

"Pensando no desenvolvimento e no crescimento dela como tenistas, foi uma semana muito positiva. A semana começou difícil com as duas derrotas, mas elas foram capazes de romper a barreira da tensão para vencerem os três duelos finais. Elas tiveram uma melhora de postura e de atitude, dentro e fora da quadra, impressionante. Agora, esperamos que elas levem todo esse aprendizado para seus centros de treinamentos, para os próximos torneios, e que mantenham essa postura de batalhar sempre com muita intensidade", frisa Rosa.

RESULTADOS


Masculino
1ª rodada - Brasil 3 x 0 Uruguai 
2ª rodada - Brasil 2 x 1 Paraguai
3ª rodada - Brasil 3 x 0 Venezuela
4ª rodada - Brasil 3 x 0 Peru
Final - Brasil 0 x 2 Colômbia

Feminino
1ª rodada - Brasil 1 x 2 Argentina
2ª rodada - Brasil 0 x 3 Colômbia
3ª rodada - Brasil 2 x 1 Venezuela
4ª rodada - Brasil 3 x 0 Paraguai
Disputa do 5º lugar - Brasil 2 x 0 Bolívia

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis