Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Primeiro título de Maria Esther completa 60 anos
03/07/2019 às 07h00

Maria Esther Bueno tinha apenas 19 anos quando levantou em Wimbledon sua primeira taça de Grand Slam

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Foi em uma sexta-feira 3 de julho, há exatos 60 anos, que Maria Esther Bueno abriu caminho para sua série de conquistas na grama sagrada do All England Club. Em um dia de calor sufocante de 30 graus, 15 mil pessoas lotaram a quadra central e viram um show da brasileira, que marcou 11 aces e venceu a norte-americana Darlene Hard com parciais de 6/3 e 6/4.

A histórica primeira conquista de Miss Maria Bueno, como sempre se referiram os ingleses, encerrou uma sequência de 15 títulos norte-americanos em Wimbledon e iniciou uma série de conquistas da maior tenista brasileira de todos os tempos, que no mesmo ano também levantaria a taça do US Open, derrubando a britânica Christine Truman na final.

Estherzinha, de estilo agressivo e gracioso, havia vencido os preparatórios de Birmingham e Bristol em 59 e começou a campanha vitoriosa no Grand Slam britânico batendo a atleta da casa Pamela Edwards com 6/1 e 6/3. Levou um susto na segunda rodada, dia 24, mas se recuperou e marcou 4/6, 6/1 e 6/1 sobre a alemã Margot Dittmeyer.

Na sequência, passou às oitavas com outra virada: 4/6, 6/3 e 6/1 em cima da americana Mimi Harnold. Seria seu segundo e último set perdido no torneio. A neozelandesa Reneé Morrison caiu por 6/1 e 7/5; a soviética Edna Budding perdeu por duplo 6/3; e a americana Sally Modre tomou meros 43 minutos de Maria Esther, num fulminante 6/2 e 6/4. Veio então a final e a história foi feita.

Maria Esther voltou à final de Wimbledon no ano seguinte e conquistou o bicampeonato. Ela ainda chegou em mais três decisões de simples no torneio, faturou o título em 1964, superando a lendária australiana Margaret Court, e ficou com os vices em 1965 e 1966, respectivamente com derrotas para Court e Billie Jean King.

Ao todo foram sete títulos de simples em Grand Slam e cinco vice-campeonatos. Nas duplas, mais uma série de conquistas com 11 conquistas nas duplas femininas (5 em Wimbledon, 4 no US Open, 1 em Roland Garros e 1 no Australian Open) e mais uma nas mistas (Roland Garros 1960).

Comentários