Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Sharapova sente lesão e abandona, Kvitova vence
02/07/2019 às 14h01

Kvitova venceu Jabeur, que foi semifinalista em Eastbourne na semana passada

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Mais uma vez, as lesões voltaram a assombrar Maria Sharapova. Depois de operar o ombro direito em fevereiro e passar quase todo o primeiro semestre longe das quadras, a russa caiu ainda na estreia de Wimbledon. Ela abandonou o jogo contra a francesa Pauline Parmentier, 88ª do ranking, quando perdia por 4/6, 7/6 (7-4) e 5/0 com dores no braço esquerdo.

Sharapova esteve muito perto da vitória, já que chegou a liderar o segundo set por 5/2, mas não aproveitou a chance de sacar para o jogo e permitiu a reação da rival. Antes do início do terceiro set, a russa pediu atendimento para o braço esquerdo. E durante a parcial decisiva, mostrou dificuldades para executar o backhand de duas mãos, tornando-se presa-fácil.

Campeã de Wimbledon em 2004 e vice em 2011, Sharapova não vence um jogo no Grand Slam londrino desde 2015. Ela perdeu a edição de 2016 enquanto cumpria suspensão por doping, e não jogou em 2017 por lesão. No ano passado, caiu ainda na rodada de estreia. A ex-número 1 do mundo aparece atualmente apenas no 88º lugar do ranking aos 32 anos e só disputou cinco torneios na temporada.

Algoz de Sharapova, Parmentier agora enfrenta a espanhola Carla Suárez Navarro, ex-top 10 e atual 31ª do ranking, que derrotou a australiana Samantha Stosur por 6/2 e 7/5.

Bicampeã, Kvitova estreia muito bem em Londres
Quem marcou uma boa vitória na rodada de estreia em Wimbledon foi Petra Kvitova, vencedora das edições de 2011 e 2014 do torneio. A tcheca de 29 anos e número 6 do mundo marcou 6/4 e 6/2 contra a tunisiana Ons Jabeur, 56ª colocada e semifinalista na grama de Eastbourne na semana passada.

Kvitova precisou de exatamente uma hora para construir sua vitória e conquistou cinco quebras de serviço. Ela é uma das jogadoras que podem terminar o torneio na liderança do ranking, mas precisa conquistar mais um título em Wimbledon para ter chances de ultrapassar a australiana Ashleigh Barty. A tcheca agora enfrenta a francesa Kristina Mladenovic, que derrotou a russa Vitalia Diatchenko por 7/5, 6/7 (4-7) e 6/2.

Comentários