Notícias | Dia a dia
Nadal: 'Pensei seriamente em parar por um tempo'
30/06/2019 às 17h49

Paris (França) - Às vésperas do início de Wimbledon, o jornal francês L'Equipe trouxe uma revelação do espanhol Rafael Nadal. Em entrevista publicada neste domingo, o canhoto de Mallorca afirmou que chegou a pensar em dar um tempo do circuito antes de Roland Garros para colocar a carreira de volta nos trilhos, mas conseguiu fazer isso sem precisar da pausa e acabou sendo recompensado com seu 12º título no saibro parisiense.

“Pensei seriamente em parar por um tempo, mas nunca em deixar o tênis. Queria apenas recuperar meu corpo e meu espírito. Se tivesse optado por fazer isso eu não iria para Wimbledon, pois parar um mês apenas não faria sentido algum”, declarou o atual número 2 do mundo, que lutou bravamente durante a temporada de saibro para conseguir dar a volta por cima após um começo muito abaixo de sua média neste piso.

“A vida não é apenas ganhar ou perder títulos, a felicidade é maior do que isso e naquele momento eu estava em dúvida. Nos meses anteriores, eu estava com problemas físicos e dores mais fortes do que as que estava acostumado a aguentar. Você não pode viver assim num esporte como o tênis, acaba perdendo a paixão”, acrescentou Nadal.

O espanhol voltou a lembrar da queda na semi do Masters 1000 de Monte Carlo, em que foi dominado pelo italiano Fabio Fognini e caiu em sets diretos. “Depois da derrota para Fognini eu juntei minha equipe para analisarmos o que estava acontecendo. Aquela foi minha pior partida no saibro nos últimos 14 anos, estava muito cansado mentalmente e nunca havia sofrido um baque como esse”, disse Nadal.

Mesmo indo até as semifinais na semana seguinte no ATP 500 de Barcelona, o ‘Rei do Saibro’ continuava se sentindo sem energia. Ele contou que depois da eliminação em Mônaco e do bate-papo com sua equipe seguiu para o torneio catalão motivado e se sentindo bem, mas na hora da estreia as más sensações retornaram.

“Quando chegou o jogo com Mayer, eu não estava sentindo nada: nem energia, nem vontade e nem paixão”, revelou Rafa ao falar sobre sua vitória de estreia em Barcelona. Ele perdeu o primeiro set daquela partida no tiebreak, mas conseguiu se recuperar virou o jogo. Depois disso, Rafa foi pouco a pouco retomando os ares positivos e deixou de lado a ideia da pausa.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis