Notícias | Dia a dia
López acaba com jejum e fatura o bi em Queen's
23/06/2019 às 12h37

López foi 58 vezes á rede na partida decisiva e ganhou 33 desses pontos, além de anotar 16 aces

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Exatamente dois anos depois de conquistar seu último título sobre a grama do tradicional Queen's Cllub, o canhoto espanhol Feliciano López voltou a erguer um troféu no circuito.

Primeiro convidado a vencer o torneio desde Pete Sampras há 20 anos, López confirmou o favoritismo e derrotou o francês Gilles Simon em jogo duríssimo de 2h50 e parciais de 6/2, 6/7 (4-7) e 7/6 (7-2). Foi o sétimo título de sua carreira e o quarto sobre quadras de grama.

Aos 37 anos, López vinha numa temporada discreta. Chegou a Londres com apenas três vitórias em 11 partidas em nível ATP e, pela primeira vez desde 2002, apareceu fora do top 100 do ranking, encerrando em abril uma sequência de 877 semanas na faixa nobre do ranking.

Os 500 pontos somados no entanto o levarão de volta para o 53º posto. Na sexta-feira, ele também recebeu a boa notícia e levou um dos convites para a chave principal de Wimbledon.

Num final de semana muito exigente, López ainda está na decisão de duplas, ao lado do escocês Andy Murray. O último tenista a ganhar as duas modalidades num mesmo torneio foi Matteo Berrettini, em Gstaad no ano passado.

Com 5 a 2 no histórico contra Simon, sendo 4 a 0 sobre a grama, López dominou o primeiro set com seu estilo agressivo, mas o francês reagiu. Fez 2/0, não sustentou e foi ao tiebreak, onde viu o espanhol ter 4-3 e saque. Novamente virou e levou o terceiro jogo seguido ao set decisivo. Aí houve inúmeras oportunidades de quebra dos dois lados nos quatro primeiros games e daí em diante mantiveram o serviço até López ter um match-point com 6/5, mas no serviço do francês. Por fim, o jogo ofensivo do espanhol prevaleceu num emocionante tiebreak.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis