Notícias | Dia a dia
Murray e esforçado López vão à final de Queen's
22/06/2019 às 17h20

Murray e López tiveram duas vitórias de peso no torneio, tendo batido os cabeças 1 logo na primeira rodada

Foto: ATP

Londres (Inglaterra) - O espanhol Feliciano López voltou mais duas vezes à quadra e ajudou o escocês Andy Murray a garantir vaga na final de duplas do ATP 500 de Londres, evento que marca a volta do ex-número 1 do mundo ao circuito após a colocação de prótese de metal no quadril.

Logo depois de López vencer em duros três sets o canadense Felix Auger-Aliassime na semi de simples, ele e Murray completaram em apenas mais três games a vitória sobre os britânicos Daniel Evans e Ken Skupski, por 6/4 e 7/6 (7-3).

Quase sem descanso, foram para a semifinal diante da forte parceria formada pelo finlandês Henri Kontinen e o australiano John Peers. Depois de deixar escapar a vitória no segundo set, quando Murray sacou para o jogo com 6/5, a vitória veio no match-tiebreak, com parciais finais de 7/5, 6/7 (5-7) e 10-7.

A final deste domingo será diante do norte-americano Rajeev Ram e do britânico Joe Salisbury, os mesmos que tiraram Bruno Soares e o croata Mate Pavic e neste sábado surpreenderam os irmãos Bob e Mike Bryan, por duplo 6/4. A decisão de simples começa às 9h30 (de Brasília) e a de duplas deve ser não antes das 11h30.

Esta é a quinta decisão de Murray em duplas no circuito, tendo vencido os torneios de Valência, em 2010, e de Tóquio, em 2011, ao lado do irmão Jamie. O espanhol por sua vez já tem quatro títulos em 15 finais, a mais importante delas em Roland Garros de 2016 ao lado de Marc López.

Murray é o maior campeão de simples na história do Queen´s Club, com cinco triunfos.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis