Notícias | Dia a dia
López tira Aliassime e garante 'final veterana'
22/06/2019 às 14h32

López já garantiu ascensão de 37 posições no ranking e pode ser o 53º em caso de título em Queen's

Londres (Inglaterra) - A experiência ajudou o canhoto Feliciano López a buscar neste domingo o bicampeonato no importante torneio de Queen's Club, o mais tradicional preparativo para Wimbledon. O espanhol perdeu o primeiro set, mas manteve a determinação de forçar o jogo e virou a partida em cima do fenômeno canadense Felix Auger-Aliassime, quase 20 anos mais jovem, com parciais de 6/7 (5-7), 6/3 e 6/4, duelo que durou 2h16.

Com isso, o ATP 500 de Londres terá uma final veterana às 9h30 deste domingo. López, com 37 anos, enfrentará o francês Gilles Simon, de 34. O espanhol lidera o histórico de confrontos por 5 a 2, mas com a importante vantagem de ter vencido todos os quatro duelos entre eles na grama, incluindo a final de Eastbourne de 2013.

Leia também: López leva convite para Wimbledon

Tanto López como Aliassime sacaram muito bem em todo o primeiro set, dando poucas chances, mas o canadense foi superior no tiebreak. Ele no entanto perdeu intensidade a partir daí e López conseguiu nos dois sets seguintes quebras precoces, que permitiram administrar o placar. Aliassime fez 47 winners, sendo 25 aces, diante de 35, mas também errou muito mais (35 a 22). Os dois jogadores impuseram o primeiro saque, com López vencendo 80% desses pontos e Aliassime, 83%.

Simon vence outra maratona
Pelo segundo dia consecutivo, Simon encarou uma partida extremamente longa. Depois de ficar 3h21 na quadra para superar Nicolas Mahut, precisou de mais 2h38 para tirar o russo e cabeça 4 Daniil Medvedev, por 6/7 (4-7), 6/4 e 6/3. O russo sentiu dores nas costas ao final da partida.

"Foi duro me recuperar, mas às vezes você está tão cansado que acaba jogando de forma mais relaxada", afirmou o tenista de 33 anos, que faz a primeira final da temporada, busca um título inédito na grama e o primeiro de seu país em Queen's.

Aos 34 anos, o ex-top 10 aparece nesta semana no 38º posto do ranking. Em sua 22ª final da carreira, tentará o 15º troféu.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis