Notícias | Dia a dia
Aos 37 anos, López volta à semifinal de Queen's
21/06/2019 às 14h33

Feliciano López avançou com desistência de Del Potro e também brilhou nas duplas com Andy Murray

Foto: ATP

Londres (Inglaterra) - Naquela que pode ser sua última temporada como profissional, o canhoto Feliciano López voltou a mostrar um tênis competitivo e, dois anos depois de conquistar o título do Queen's Club, está de volta à semifinal do ATP 500 londrino.

Aos 37 anos e agora apenas 113º do ranking, ele marcou grande virada em cima do canadense Milos Raonic, outro especialista em pisos de grama, com parciais de 4/6, 6/4 e 7/6 (7-5). Agora, vai enfrentar outro canadense, o garoto Felix Auger-Aliassime, que nasceu três anos depois de o espanhol iniciar sua carreira profissional e mais cedo tirou o cabeça 1 Stefanos Tsitsipas, por 7/5 e 6/2.

Curiosamente, Raonic ganhou dois pontos a mais no total da partida, além de fazer quase o dobro de winners (47 a 25), mas também muitos erros (32 a 19). Cada tenista obteve uma quebra nos sets iniciais e a terceira série não viu sequer break-points.

Medvedev contra Simon
A outra semifinal terá o russo Daniil Medvedev e o francês Gilles Simon. Com muita autoridade, Medvedev não teve qualquer dificuldade para superar o argentino Diego Schwartzman, que na véspera havia surpreendido o atual campeão Marin Cilic, por duplo 6/2. O russo busca a quarta final de sua ótima temporada.

Simon ao contrário precisou de uma maratona de 3h20 para bater o compatriota Nicolas Mahut, oriundo do qualificatório, com longas parciais de 7/6 (7-5), 5/7 e 7/6 (7-3). Simon fez uma semi em Queen´s há quatro anos. Ele e Medvedev se cruzaram uma única vez, no saibro de Lyon, em 2017, com vitória dura de Simon.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis