Notícias | Dia a dia
Tsitsipas escapa e reencontra o notável Aliassime
20/06/2019 às 15h36

Aliassime conquistou duas vitórias importantes sobre adversários especialistas em quadra de grama

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - O grego Stefanos Tsitsipas esteve perto da derrota, mas conseguiu reagir e virar o jogo diante do francês Jeremy Chardy, com parciais de 4/6, 7/6 (7-0) e 7/6 (7-4), avançando assim às quartas de final do ATP 500 de Londres no tradicional Queen's Club.

Agora, irá reencontrar o garoto canadense Felix Auger-Aliassime, que continua sua campanha surpreendente sobre a quadra de grama. Finalista de Stuttgart no domingo, ele venceu dois jogos completos nesta quinta-feira, tirando no segundo o australiano Nick Kyrgios, por 6/7 (4-7), 7/6 (7-3) e 7/5.

Tsitsipas esteve bem perto da derrota, num jogo de intensos altos e baixos. Chardy chegou a sacar para a vitória no final do segundo set, com 5/4, mas falhou e permitiu que o grego levasse o tiebreak em que Chardy não fez sequer um ponto.

No terceiro set foi a vez de Tsitsipas ter o saque para abreviar o placar, também com 5/4, mas não conseguiu evitar o novo tiebreak. Mais uma vez, pegou logo a dianteira e não deixou escapar a classificação após 2h38 de esforço. No único duelo com Aliassime, perdeu na estreia de Indian Wells, três meses atrás.

O canadense, que pouco antes havia tirado Grigor Dimitrov, não permitiu um único break-point a Kyrgios e ainda anotou mais aces (19 a 17). Conseguiu notável aproveitamento de 83% quando acertou o primeiro saque. Ficou 2h13 em quadra, que se somou a 1h15 do jogo do começo da rodada.

Surpresas francesas
Dois importantes nomes do torneio foram eliminados nesta quinta-feira e ambos por franceses. Gilles Simon suportou o saque poderoso do sul-africano Kevin Anderson, cabeça 2 e finalista de Wimbledon no ano passado, vencendo por 6/1, 3/6 e 6/4.

Seu adversário será o compatriota Nicolas Mahut. Vindo do quali, o veterano voleador virou em cima do suíço Stan Wawrinka, sétimo cabeça que chegou a sacar para o jogo, com parciais de 3/6, 7/5 e 7/6 (7-2).

O russo Daniil Medvedev por sua vez suou para ganhar do francês Lucas Pouille, por 7/6 (11-9), 6/7(5-7) e 6/4, e terá pela frente o argentino Diego Schwartzman. Por fim, o canadense Milos Raonic confirmou a condição de cabeça 6 em cima do esloveno Aljaz Bedene: anotou 6/3 e 7/6 (7-3) e jogará contra o canhoto espanhol Feliciano López.


Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis