Notícias | Dia a dia
Medvedev: 'Não suportava ver Federer ganhar'
19/06/2019 às 09h11

Londres (Inglaterra) - Se para muitos jogadores mais novos o suíço Roger Federer serviu de inspiração, o mesmo não aconteceu com o russo Daniil Medvedev, que em entrevista ao jornal britânico Metro revelou que torcia contra o atual número 3 do mundo quando era criança.

“Odiava Roger por tudo que estava conquistando, não suportava vê-lo ganhar outra vez mais. Por isso torcia para seus rivais desde a primeira rodada. Eu era assim quando mais jovem, algo em torno dos 10 anos. Também quando o Barcelona ganhava tudo no futebol eu torcia contra”, declarou o russo.

Atual número 13 do mundo, o tenista de 23 anos garante que sua torcida é coisa do passado e que hoje em dia seu único foco no tênis é a própria carreira. “Agora eu me preocupo mais comigo mesmo. Se perco na primeira rodada, pouco me importa quem ganhou o torneio”, comentou Medvedev.

Com quatro vitórias sobre top 10 na carreira, três delas na atual temporada, o russo foi o algoz do sérvio Novak Djokovic no Masters 1000 de Monte Carlo, em uma de suas vitórias mais importantes. Ele acredita que possa no futuro também vencer outros rivais deste porte.

“Quero sempre ganhar, seja quem for o meu rival. Ainda não derrotei Roger, contra quem joguei três vezes e perdi as duas últimas facilmente. Eu venci Novak, neste ano em Monte Carlo, depois de três derrotas”, observou o russo.

Medvedev ainda comentou sobre as novas gerações, que embora venham conseguindo derrubar caras como Djokovic, Federer e o espanhol Rafael Nadal em torneios Masters 1000, ainda não obtiveram mesmo sucesso em partidas de cinco sets. “Espero que possamos também a vencê-los nos Grand Slam”, finalizou.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis