Notícias | Dia a dia
De volta após 4 meses, Sharapova vence na grama
18/06/2019 às 13h31

Sharapova pode cruzar o caminho de Angelique Kerber nas oitavas

Foto: Divulgação

Mallorca (Espanha) - A volta de Maria Sharapova às quadras foi com resultado positivo. Em seu primeiro jogo desde que operou o ombro direito em fevereiro, a ex-número 1 do mundo estreou no WTA de Mallorca superando a eslovaca de 21 anos e 46ª colocada Viktoria Kuzmova por 7/6 (10-8) e 6/0 em 1h29 de partida.

Convidada para a disputa do torneio espanhol em quadras de grama, Sharapova só havia atuado em três competições neste início de temporada, o Australian Open e os WTA de Shenzhen e São Petersburgo. Por conta de seu longo afastamento, a jogadora de 32 anos aparece atualmente apenas no 85º lugar do ranking.

Sharapova pode ter nas oitavas de final um duelo de ex-líderes do ranking contra Angelique Kerber. Número 6 do mundo, a canhota alemã mede forças contra a belga vinda do quali e 118ª do ranking Ysaline Bonaventure ainda nesta terça-feira.

Parciais do jogo foram muito distintas
As estatísticas da partida mostram o quanto as duas parciais foram distintas. Sharapova liderou a contagem de winners por 16 a 15 e terminou o jogo com 13 erros não-forçados contra 19 da rival. Todos os winners de Kuzmova foram conquistados no primeiro set. Além disso, a russa cometeu apenas dois erros e só precisou de três bolas vencedoras na segunda parcial, que teve dez erros da eslovaca.

A dinâmica da partida no longo primeiro set de 1h04 foi muito parecida com o que se viu de Sharapova nos últimos anos. A russa não deixava dúvidas sobre a qualidade de seus golpes de fundo de quadra e a capacidade de colocar pressão nas devoluções de saque, mas seguia instável em seus games de serviço.

Com o placar empatado por 5/5, após uma quebra para cada lado no início do jogo, Sharapova fez três duplas-faltas no mesmo game e acabou perdendo o saque, mas conseguiu devolver a quebra de imediato quando a rival sacava para fechar. No tiebreak, a russa salvou dois set points e ganhou confiança para definir a parcial.

Depois de cometer seis duplas faltas e enfrentar cinco break points no primeiro set, Sharapova só perdeu três pontos no saque na parcial seguinte, um deles em uma dupla-falta, e pressionou demais o saque de Kuzmova para conseguir três novas quebras e aplicar um 'pneu'.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis