Notícias | Dia a dia
Federer chega a 1.000 semanas no top 50 da ATP
18/06/2019 às 09h27

Halle (Alemanha) - Ao aparecer na terceira colocação do ranking desta segunda-feira, o suíço Roger Federer se tornou o primeiro jogador na história a alcançar 1.000 semanas dentro do top 50, o que corresponde a mais de 19 anos.

Federer debutou entre os 50 melhores do mundo no dia 6 de março de 2000, quando ganhou nove lugares e assumiu a 49ª colocação. Nas semanas seguintes ele foi oscilando entre dentro de fora do top 50, até alcançar o 38º posto em 12 de junho e desde então nunca mais saiu desta faixa.

Sua estreia no top 20 veio menos de um ano depois, em 26 de fevereiro de 2001. O suíço precisou de mais um ano para ingressar no top 10 pela primeira vez, algo que só foi acontecer em 20 de maio de 2002, quando assumiu a oitava posição.

Depois de Federer, quem tem mais semanas no top 50 é o norte-americano Andre Agassi, com 960. Na sequência aparecem Jimmy Connors (918), John McEnroe (827), Rafael Nadal (811) e Ivan Lendl (801). 

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis