Notícias | Dia a dia
Na sétima tentativa, Mannarino enfim leva o título
16/06/2019 às 12h53

Mannarino enfim encerrou escrita negativa em finais de ATP

Foto: Divulgação

's-Hertogenbosch (Holanda) - A longa espera de Adrian Mannarino por um título chegou ao fim neste domingo. O experiente francês de 30 anos disputou a final do ATP 250 de 's-Hertogenbosch. Foi a sétima decisão de sua carreira e ele finalmente saiu vencedor depois de superar o australiano Jordan Thompson por 7/6 (9-7) e 6/3 em 2h01 de partida.

Mannarino havia perdido todas as seis finais anteriores que alcançou. Duas delas foram no ano passado, na grama de Antalya e no piso duro de Moscou. Em 2015, ele foi vice em Bogotá e em Auckland. Ja em 2017, perdeu as finais de Antalya e Tóquio.

Número 44 do mundo, Mannarino tem como melhor marca da carreira o 22º lugar, alcançado em março do ano passado. Com os 250 pontos conquistados em uma semana com apenas 20 a descontar, ele deverá se aproximar da volta ao top 30 do ranking mundial.

Como não era cabeça de chave nesta semana, Mannarino venceu três favoritos na grama holandesa. Logo nas oitavas de final, superou o canhoto espanhol Fernando Verdasco, 34º do ranking e quarto favorito. Depois, bateu o cabeça 5 e 33º colocado David Goffin. Já na semifinal, seu oponente foi o croata Borna Coric, número 14 do mundo e segundo cabeça de chave do evento.

Superado por Mannarino na final deste domingo, Jordan Thompson disputou sua primeira final de ATP. Ele é o atual 62º do ranking e está duas posições abaixo da melhor marca da carreira. Com os 150 pontos obtidos, debutará no top 50.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis