Notícias | Dia a dia
Soares decide o título na manhã deste domingo
15/06/2019 às 13h44

Final de duplas em Stuttgart será às 7h30 (de Brasília) deste domingo

Foto: Arquivo

Stuttgart (Alemanha) - Depois de comemorar três vitórias ao longo da semana, Bruno Soares disputará o título do ATP 250 de Stuttgart na manhã deste domingo. O mineiro atua ao lado do australiano John Peers e atua às 7h30 (de Brasília) contra o indiano Rohan Bopanna e o canadense Denis Shapovalov.

Enquanto Soares e Peers vinham de vitória na última sexta-feira contra os austríacos Oliver Marach e Jurgen Melzer por 7/6 (7-4), 5/7 e 10-6, a vitória de Bopanna e Shapovalov foi conquistada na manhã deste sábado sobre os australianos Nick Kyrgios e Matt Reid por 6/3 e 6/4.

Vencedor de 30 títulos de ATP, Bruno Soares disputará a 60ª final de sua carreira. O mineiro de 37 anos já ganhou cinco torneios em quadras de grama. Em Stuttgart já foi campeão na temporada 2017, quando atuava ao lado do canhoto britânico Jamie Murray.

A parceria entre Soares e Peers é apenas para este torneio. Depois de encerrar um trabalho de três anos e meio com Murray, o mineiro jogará ao lado do croata Mate Pavic a partir da semana que vem. O primeiro torneio da nova dupla será o ATP 500 de Queen's, em Londres. Os primeiros adversários são dois jogadores de simples, o suíço Stan Wawrinka e o francês Lucas Pouille.

"Começar bem na grama é sempre duro. A transição do saibro é complicada e o meu objetivo desta semana em que não estou jogando com o Mate (o croata está em evento de caridade) foi justamente esse, de chegar o melhor preparado possível em Queen's para começar esse novo ciclo com com tudo", disse Bruno Soares, por meio de sua assessoria.

"Acabei dando sorte de jogar esta semana, de conseguir um belíssimo parceiro e estamos jogando bem. Pegamos uma chave bastante dura. Fizemos um jogo que foi no detalhe e estou muito feliz de estar nessa final e no domingo vamos para cima, para tentar sair com o caneco e com a confiança em alta", acrescentou o mineiro, que é o sétimo colocado no ranking mundial dos duplistas.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis