Notícias | Dia a dia
Em boa fase, Bertens alcança inédita final na grama
15/06/2019 às 12h32

Bertens tenta conquistar o décimo título de WTA na carreira

Foto: Divulgação

's-Hertogenbosch (Holanda) - Em seu melhor ano na carreira, Kiki Bertens alcançou uma inédita final em quadras de grama. Jogando em casa, a holandesa assegurou um lugar na decisão do WTA de 's-Hertogenbosch depois de vencer a cazaque Elena Rybakina por duplo 6/4 em 1h23 de partida.

Número 4 do mundo e dona de dois títulos na temporada, no saibro de Madri e nas quadras duras e cobertas de São Petersburgo, Bertens disputará a 12ª final de sua carreira e busca o décimo título no circuito. A holandesa de 27 anos está com o melhor ranking da carreira e deve manter essa posição após o torneio.

Mesmo com a mudança de piso, Bertens jogou da maneira como os fãs estão acostumados a vê-la no saibro. A holandesa apostou na consistência do fundo de quadra e, eventualmente, recorria aos slices para quebrar o ritmo de sua adversária. Rybakina liderou nos winners por 15 a 11 e terminou o jogo com um erro a mais, 27 contra 26 da holandesa.

O primeiro set foi marcado pelo equilíbrio, tanto que Bertens fez só um ponto a mais que sua adversária, 25 a 24. O que pesou a favor da holandesa foi o fato de ela ter aproveitado suas duas chances de quebra na parcial, além de só enfrentar um break point. O segundo set teve mais altos e baixos, mas Bertens conseguiu abrir duas quebras de vantagem para liderar por 5/2. Rybakina chegou a diminuir a diferença, mas não buscou o empate.

A adversária de Bertens na final deste domingo às 7h (de Brasília) será a norte-americana Alison Riske, 61ª do ranking. A jogadora de 28 anos venceu neste sábado a russa Veronika Kudermetova por 6/4, 3/6 e 7/6 (7-5). Riske tem um título de WTA, conquistado ainda em 2014 em Tianjin, e disputará sua oitava final na carreira. Ela já jogou uma final na grama, no ano de 2016 em Nottingham. Lembrando ainda que a norte-americana tem nove vitórias seguidas, já que venceu um ITF na grama de Surbiton na semana passada.

Lembrando que Bertens ainda está na chave de duplas no torneio. Ela atua ao lado da compatriota Demi Schuurs e disputa a semifinal ainda neste sábado, em duelo holandês contra Lesley Kerkhove e Bibiane Schoofs.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis