Notícias | Dia a dia
Massú acredita que Thiem ganhará RG no futuro
14/06/2019 às 11h55

Thiem foi vice em Paris nos dois últimos anos

Foto: Divulgação

Madri (Espanha) - Treinador do austríaco Dominic Thiem desde o começo da temporada sul-americana de saibro, o chileno Nicolas Massú lamentou a derrota sofrida na final de Roland Garros, mas sabe que seu pupilo teve do outro lado um adversário duríssimo pela frente. Ele também sabe de toda a capacidade do atual número 4 do mundo e aposta em um título em Paris no futuro.

“O que Dominic vem fazendo nos últimos quatro anos, indo duas vezes para as semifinais e outras duas para a final, mostra que é um jogador com grande talento e um potencial enorme. Está em uma época com os melhores da história e pode jogar de igual para igual com qualquer um”, declarou Massú em entrevista à Radio Marca.

“Enfrentar Rafa no saibro é um enorme desafio. Os primeiros dois sets da final foram incríveis, mas depois disso Dominic baixou um pouco a intensidade, enquanto Rafa manteve o seu nível. Talvez com um dia a mais de descanso ele poderia ter superado melhor as adversidades”, acrescentou o treinador do austríaco.

Massú posta que Thiem levantará a taça em Paris no futuro e que também está na briga para vencer os outros Slam. “Estamos trabalhando com ele para isso, creio que Thiem ganhará Roland Garros algum dia. Ele tem 25 anos e pensa como um campeão, está na quarta colocação do ranking e já tem vários títulos. Ele tem juventude e experiência, espero que uma conquista assim (Grand Slam) possa vir o mais rápido possível, sei que ele está pronto para isso”, encerrou o chileno.

Thiem desiste de Halle e vai direto para Wimbledon

Depois de uma intensa disputa na temporada de saibro, Thiem optou por não jogar o ATP 500 de Halle, na próxima semana, indo direto para Wimbledon. Ele repetirá algo que também fará o espanhol Rafael Nadal, que irá de um Grand Slam direto para o outro.

Além de Thiem, também desistiu de Halle o espanhol Pablo Carreño. Os lugares dos dois serão ocupados pelo espanhol Jaume Munar e pelo norte-americano Taylor Fritz. Outro que ganhou um lugar direto na chave foi o norte-americano Steve Johnson, herdando vaga reservada a um possível convite extra para um top 20.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis