Notícias | Dia a dia
Zverev salva dois match points e conquista Genebra
25/05/2019 às 16h43

Este foi o 11º título de Zverev na carreira e o primeiro na atual temporada

Foto: Divulgação

Genebra (Suíça) - Um dia antes do início de Roland Garros, Alexander Zverev encarou um jogo duríssimo na final do ATP 250 de Genebra. Em jogo com 2h35 de duração e que teve duas longas interrupções por chuva, Zverev salvou dois match points na final contra o chileno Nicolas Jarry e venceu por 6/3, 3/6 e 7/6 (10-8).

Este é o 11º título de ATP na carreira de Zverev e o primeiro na temporada. É a quinta vez que o alemão de 22 anos conquista um torneio no saibro, enquanto seus outros seis troféus vieram em quadras de piso duro.

Zverev não conquistava um torneio desde novembro do ano passado, quando venceu o ATP Finals, em Londres. O alemão disputou sete torneios seguidos no saibro e só havia vencido cinco jogos no piso este ano antes da ótima semana com quatro vitórias seguidas.

Número 5 do mundo, Zverev não muda de posição no ranking. Já o chileno Jarry, que tem 23 anos, ainda persegue seu primeiro ATP e disputou sua segunda final. Atual 75º do ranking, ele deverá voltar ao top 60 com os 150 pontos conquistados, mas ainda está distante de seu recorde pessoal, que foi o 39º lugar.

Partida teve duas interrupções por chuva e acabou tarde
Por conta das duas interrupções, o jogo deste sábado terminou depois das 23h (pelo horário local). Os dois finalistas agora seguem para Roland Garros e devem estrear na terça-feira. Zverev encara o australiano John Millman, enquanto Jarry desafia o cabeça 8 Juan Martin del Potro.

Disputado com boas condições climáticas, o primeiro set foi dominado por Zverev. O alemão criou nove break points ao longo da parcial, aproveitando uma chance logo no segundo game, e cedeu apenas três pontos em seus games de serviço. Logo depois que Jarry salvou dois break points e confirmou o saque na abertura do segundo set, começou a chover forte e a partida foi suspensa.

Após mais de uma hora de espera, o jogo foi retomado ainda sob chuva leve. No primeiro game em que teve break points, Jarry conseguiu uma quebra e fez 4/2. Pouco depois, durante o oitavo game da parcial, voltou a chover forte e o jogo foi novamente interrompido. Quando a partida foi retomada, Zverev salvou três set points em seu saque, mas não evitou a perda da parcial no game seguinte.

O terceiro set foi disputado já durante a noite e com iluminação artificial na quadra, mas sem chuva. A parcial seguiu inteiramente sem quebras e, diferente do que havia acontecido nos dois sets anteriores, Zverev só teve um break point. Ainda assim, o alemão ficou perto da vitória quando vencia por 5/4 e 6/5, mas viu Jarry confirmar dois games de saque muito longos.

O tiebreak decisivo começou muito bom para Zverev, que abriu 4-0 e administrava sua vantagem. O alemão chegou a liderar por 6-3 e teve dois match points, mas Jarry encaixou dois bons saques e depois salvou o terceiro match point. O chileno ganhou confiança ao vencer seu quarto ponto seguido, mas perdeu um match point ao errar um voleio. Pouco depois, mais um match point para Jarry, que jogou um forehand no meio da rede. Zverev conseguiu reagir na partida e vencer os três últimos pontos para confirmar a vitória.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis