Notícias | Dia a dia
Bicampeã, Sharapova desiste de Roland Garros
15/05/2019 às 16h29

Sharapova chegou às quartas de final na edição passada do torneio

Foto: Arquivo

Paris (França) - Bicampeã de Roland Garros em 2012 e 2014, Maria Sharapova está fora da próxima edição do Grand Slam francês, que começa no dia 26 de maio. O anúncio oficial foi feito nesta quarta-feira, por meio das redes sociais. A russa ainda tenta se recuperar de uma lesão no ombro direito, depois de ter passado por cirurgia no fim de fevereiro.

"Estou desistindo hoje de Roland Garros. Às vezes, as decisões certas não são as mais fáceis", escreveu Sharapova, em seu perfil no Instagram. "A boa notícia é que eu voltei às quadras de treino e estou, aos poucos, fortalecendo meu ombro. Sentirei muita falta de Paris. Até o próximo ano".

Ex-número 1 do mundo, Sharapova completou 32 anos em abril e aparece atualmente no 35º lugar do ranking da WTA. Ela certamente irá perder posições nas próximas semanas, já que defende 350 pontos em Roma e mais 430 em Roland Garros. Na temporada passada, ela foi semifinalista na capital italiana e chegou às quartas em Paris.

Sharapova só disputou três torneios em 2019, com destaque para a campanha até as oitavas de final do Australian Open. Logo na primeira semana do ano, a russa já precisou abandonar uma partida das quartas de final do WTA de Shenzhen por um por uma lesão na coxa esquerda. Já em fevereiro, o problema no ombro a impediu de entrar em quadra pelas oitavas de final do Premier de São Petersburgo.

No dia 27 de fevereiro, ela anunciou em suas redes sociais que havia feito uma pequena cirurgia para sanar dores no ombro direito. A russa tem um histórico de lesões nesse ombro, que foi operado pela primeira vez ainda em 2008.

A vaga de Sharapova na chave fica com a luxemburguesa Mandy Minella, atual 99ª do ranking. A próxima jogadora na lista de espera é a suíça Stefanie Voegele, 96ª colocada, mas que ocupava a 109ª posição quando foi fechada a lista de inscrições no dia 15 de abril. Minella, que assegurou lugar na chave principal, era a número 108 no ranking que serviu de base para a qualificação ao Grand Slam francês.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis