Notícias | Dia a dia
Muguruza se redime nas duplas e Espanha vence
21/04/2019 às 20h11

Kortrijk (Bélgica) - A série espanhola e belga pelo playoff do Grupo Mundial I da Fed Cup foi a mais equilibrada das quatro e única decidida apenas no último ponto. Mesmo contando com Garbiñe Muguruza em um fim de semana sem grande inspiração, a ‘Armada’ ignorou o fator casa em favor da Bélgica e levou a melhor na série por 3 a 2, com a definição nas duplas.

O domingo começou com mais uma derrota de Muguruza, que já havia perdido no dia anterior e desta vez caiu diante da belga Ysaline Bonaventure, com parciais de 6/4, 0/6 e 6/4. Coube a Carla Suárez manter seu país vivo na série, batendo com propriedade a atleta da casa Kirsten Flipkens, com o placar final de 6/2 e 6/1.

Suárez levou então a decisão para as duplas, em que ela voltou à quadra ao lado de Muguruza para buscar a vitória. A campeã de Roland Garros 2016 e Wimbledon 2017 desta vez não decepcionou e triunfou com a compatriota, batendo Bonaventure e Flipkens em três sets, com parciais de 7/6 (7-4) 2/6 e 6/2.

Tchecas também se mantêm na elite

Bem mais tranquila foi a vitória da República Tcheca na repescagem contra o Canadá. Jogando em Prostejov, a equipe da casa tratou de fechar o embate já no terceiro jogo, em que Marketa Vondrousova superou Rebecca Marino em sets diretos, com placar final de 6/3 e 6/4. Na ‘partida morta’ de duplas, mais uma vitória das anfitriãs, com Lucie Safarova, que se despede do circuito, e Barbora Krejcikova levando a melhor sobre Gabriela Dabrowski e Sharan Fichman com 7/6 (7-4) e 7/5.

Kenin confirma vaga dos EUA na elite

Se no ano passado a norte-americana Sofia Kenin esteve em quadra perdendo o ponto que decretou a derrota dos EUA na final, neste domingo ela deu a volta por cima e garantiu a permanência de sua equipe na elite da Fed Cup. Ela derrotou a suíça Timea Bacsinszky em sets diretos, com 6/3 e 7/6 (7-4), garantindo o terceiro ponto na série disputada no piso duro de San Antonio.

Suíças e norte-americanas chegaram empatadas no último dia, mas as atletas da casa trataram de resolver o confronto nos jogos de simples, evitando o drama das duplas. Antes do triunfo de Kenin, a compatriota Sloane Stephens fez a sua parte e derrubou Viktorija Golubic em sets diretos, com o placar final de 6/3 e 6/2, em 1h19 de disputa.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis