Notícias | Dia a dia
Tudo igual no primeiro dia de semifinais na Fed Cup
20/04/2019 às 13h38

Prevaleceu o empate no primeiro dia das duas semifinais da Fed Cup, com ambos os confrontos terminando com 1 a 1. Tanto no embate entre australianas e bielorrussas como na série entre francesas e romenas, saiu na frente quem estava jogando de visitante, com as anfitriãs buscando o empate com vitória no segundo jogo.

Vice-campeãs em 2017, as bielorrussas tentam voltar à final pela segunda vez na curta história do país na competição. Suas adversárias na semi, as australianas já venceram o torneio sete vezes (1964, 1965, 1968, 1970, 1971, 1973 e 1974), mas não disputam a decisão desde 1993. No outro duelo, as bicampeãs francesas (1997 e 2003) enfrentam a Romênia que busca uma inédita final.

Sabalenka 'rouba' ponto australiano em Brisbane

A jovem Aryna Sabalenka mostrou por que é a atual número 10 do mundo, não se assustou com a torcida e nem com a grande experiência da australiana Samantha Stosur, campeã do US Open de 2011. Abrindo a série, a bielorrussa de 21 anos levou a melhor e superou a atleta da casa com uma apertada vitória por 2 sets a 1, com parciais de 7/5, 5/7 e 6/3, anotadas em 2h47 de batalha.

O segundo jogo deste sábado também foi equilibrado, mas definido em sets diretos. Melhor para a australiana Ashleigh Barty, que gastou 1h41 para superar a ex-número 1 do mundo Victoria Azarenka, marcando o placar final de 7/6 (7-2) e 6/3, que garantiu as australianas o empate no confronto.

Halep faz a sua parte contra a França

Também ex-líder do ranking, a romena Simona Halep fez valer o melhor momento em relação a Azarenka e venceu seu jogo na série contra a França. A atual número 2 do mundo precisou apenas de duas parciais para derrubar a francesa Kristina Mladenovic, fechando o jogo com o placar final de 6/3 e 6/1, após 1h41 de partida.

Coube a francesa Caroline Garcia salvar a pátria no sábado. A 21ª do ranking foi mais econômica no tempo e sacramentou a vitória sobre a romena Mihaela Buzarnescu em 1h26, marcando duplo 6/3 sobre a 30ª do mundo em simples e 29ª nas duplas.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis