Notícias | Dia a dia
Melo e Demo não passam das quartas em Mônaco
19/04/2019 às 11h24

Monte Carlo (Mônaco) - Acabou nesta sexta-feira a campanha do mineiro Marcelo Melo e do polonês Lukasz Kubot no Masters 1000 de Monte Carlo. Cabeças de chave número 2, eles foram eliminados pelos croatas Nikola Mektic e Franko Skugor, sétimos pré-classificados, em sets diretos, com parciais de 6/ e 7/5, após 1h21 de jogo.

Quem também se despediu da competição foi o gaúcho Marcelo Demoliner, que tentaria um lugar nas semifinais ao lado do russo Daniil Medvedev. Contudo, como o parceiro enfrentou problemas físicos na surpreendente vitória sobre o sérvio Novak Djokovic, ele acabou abdicando da disputa nas duplas.

Com essa desistência de Demoliner e Medvedev, os argentinos Maximo Gonzalez e Horacio Zeballos ficaram com a vaga na próxima rodada e enfrentarão os algozes de Melo e Kubot por um lugar na decisão do torneio monegasco.

Como foi a derrota de Melo/Kubot

O primeiro set foi bem mais para o lado de Mektic e Skugor, que conseguiram duas quebras em quatro oportunidades. Do outro lado, a parceria mineiro-polonesa só teve um break-point e não conseguiu convertê-lo. Na segunda parcial as coisas ficaram mais parelhas e as chances surgiram para os dois lados.

Skugor e Mektic saíram na frente e abriram 4/1, mas em seguida veio a reação de Melo e Kubot, empatando em 4/4. O mineiro e o polonês tiveram três break-points para fazer 6/5 e sacar para o empate, mas não aproveitaram um sequer e acabaram perdendo o saque em seguida para assim ver concretizada a eliminação.

Soares e Murray conhecem rivais

Primeiros semifinalistas do torneio, o mineiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray já sabem quem enfrentarão por um lugar na final. Seus adversários serão os holandeses Robin Haase e Wesley Koolhof, que deixaram pelo caminho o moldávio Radu Albot e o georgiano Nikoloz Basilashvili com vitória por 2 sets a 0 e placar final de 6/1 e 7/5.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis