Notícias | Dia a dia
Após grande vitória, Nadal já pensa em Dimitrov
17/04/2019 às 16h58

Nadal cedeu apenas dois games na abertura de sua temporada de saibro em Monte Calro

Foto: Divulgação

Monte Carlo (Mônaco) - A grande exibição de Rafael Nadal pela rodada de estreia do Masters 1000 de Monte Carlo deu bastante confiança ao espanhol. Número 2 do mundo e onze vezes campeão do torneio, Nadal estava sem jogar há praticamente um mês e iniciou a temporada de saibro com uma arrasadora vitória sobre o compatriota Roberto Bautista Agut, 22º colocado no ranking mundial.

"Este é apenas o primeiro jogo no saibro e foi um começo muito positivo", disse Nadal após a vitória por duplo 6/1 em 1h16 de partida. "O resultados diz isso e a maneira como eu me senti em quadra também. Não posso dizer se encontrei meu ótimo ritmo. Esse não é o caso. Mas foi um bom começo. É a primeira partida em quase um ano nesta superfície.

Depois de sofrer com uma lesão no joelho direito, que o fez desistir da semifinal do Masters 1000 de Indian Wells e não atuar em Miami, o espanhol diz que tem suportado bem as dores e que pode jogar normalmente. "Não posso fingir que não sinto dor. Há muito tempo, os atletas profissionais jogam normalmente com dor, porque isso faz parte do esporte de alto rendimento. Mas eu fui capaz de me mover bem e estou bastante confiante com as coisas que eu fiz".

Nadal já pensa em seu compromisso das oitavas. O espanhol atua por volta das 9h (de Brasília) desta quinta-feira diante do búlgaro Grigor Dimitrov, ex-top 3 e atual 28º do ranking aos 27 anos. "É claro que um começo como esse ajuda. Amanhã é outro bom teste contra o Grigor, então vamos ver", avalia o espanhol, que tem onze vitórias e apenas uma derrota para Dimitrov no circuito.

"Eu preciso jogar bem de novo. O que eu preciso é de ritmo de jogo e passar mais horas na quadra. Cada vitória traz uma energia positiva e confiança no corpo e no jogo. É disso que eu preciso hoje. Hoje foi um bom começo. Vamos tentar continuar bem amanhã", complementou o jogador de 32 anos, que segue em busca de seu 12º título no saibro monegasco.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis