Notícias | Beach Tennis
Rio Beach Tennis reunirá dez top 10 em Niterói
15/04/2019 às 17h26

À esquerda, a alemã Maraike e a brasileira Rafa Miller.

Foto: Divulgação

Niterói (RJ) - Está definida a lista dos atletas da categoria Profissional que irão disputar o título do Rio Beach Tennis Tour, evento em parceria com a Secretaria de Esportes e Lazer de Niterói, que será jogado entre os dias 26 e 28 de abril na praia de São Francisco, com US$ 3 mil em premiação (cerca de R$ 11 mil) e dará hospedagem aos principais atletas.

O torneio terá ao todo dez jogadores entre os dez melhores no mundo no masculino e no feminino. Entre os homens, as presenças já confirmadas anteriormente com o número 2 do mundo, o russo Nikita Burmakin, que liderou o ranking internacional até o fim de março; o terceiro do mundo e seu parceiro, o italiano Tomaso Giovannini. Além deles, outro ex-número 1 do mundo, o italiano Luca Cramarossa, campeão em Niterói há dois anos e atual 5º colocado, e seu parceiro, o atual campeão mundial, o italiano Mikael Alessi, sexto do ranking.

A lista feminina foi confirmada esta semana com presenças de seis jogadoras do top 10. A melhor ranqueada é a brasileira Rafaella Miiller, quarta do mundo, natural de Maringá (PR) e radicada em Balneário Camboriú (SC). Ela faz parceria com a alemã Maraike Biglmaier, quinta do mundo e ex-líder do ranking. "Adorei minha experiência anterior em Niterói, linda vista, estou ansiosa por voltar. Dois anos atrás joguei contra a Rafa e agora somos parceiras", disse a alemã.

"Temos uma grande combinação, somos muito agressivas e esperamos que isso funcione em Niterói também. Tivemos grandes conquistas juntas no ano passado e vamos passo a passo este ano, tentando ganhar o máximo de torneios possíveis. Queremos chegar ao topo, mas vai depender do sistema de pontos que é um pouco estranho e queremos ganhar o Mundial juntas também", acrescentou a alemã, que era tenista profissional, mas uma longa lesão a fez parar por um tempo e conhecer o beach tennis na Áustria. Além do esporte, ela estuda direito e trabalha em uma empresa britânica de negócios.

"Somos duas jogadoras bem agressivas com estilos de jogos parecidos, nos adaptamos bem ao nosso estilo de jogo. Este ano ainda não tivemos um bom resultado. Antes de Niterói, jogaremos em Curitiba então esperamos bons resultados para embalar no ano para outros eventos a seguir", disse Rafa Miiller.

A Itália vem forte no feminino com a jovem Nicole Nobile, de 23 anos. Sétima do mundo ela é considerada uma das grandes promessas da modalidade. Vinda de vice-campeonato nas Ilhas Reunião no mês passado, a sétima do mundo atua com a 13ª colocada, a também italiana Veronica Casadei. "Será minha primeira vez em Niterói e jogarei com minha parceira do ano passado. Mesmo sem estar juntas esse ano, estamos acostumadas uma com a outra em quadra e sabemos que podemos jogar bem", comenta a jovem que curte jogar no Brasil.

Nobile rechaça o rótulo de futura estrela do beach tennis. Ela vem atuando este ano com Flaminia Daina, terceira do ranking. "Esse ano jogarei com Flaminia Daina, que é uma jogadora com muita experiência. Não me coloco objetivos, só melhorar meu jogo e minha mentalidade. Meu objetivo é estar melhor mentalmente e ser uma melhor jogadora. É um prazer quando falam bem de você. Acho que posso jogar bem, mas tem muita coisa a melhorar, tentarei fazer tudo para evoluir. Sem dúvida quero dar meu 100%, quero jogar de forma incrível e pensar de forma positiva, estando bem fisicamente." Nicole começou no beach tennis há seis anos, após sair da ginástica artística, e em setembro voltará a conciliar a graduação em Engenharia Civil, em que já concluiu três anos e fará mestrado a partir do fim do ano. Outra forte dupla italiana é da ex-líder do ranking, Eva D´Elia, com Veronica Visani. As duas estão empatadas no nono lugar na tabela.

Duas duplas brasileiras vêm forte buscando tirar o favoritismo de Rafa Miiller/ Biglmaier e das italianas. Duas delas ex-líderes do ranking, as cariocas Joana Cortez e Samantha Barijan. Joana, atual 8ª, joga com a paranaense Marcela Vita, 11ª, e Barijan, 19ª, joga com a mesma colocada no ranking, Flavia Muniz. "Muito legal jogar em casa na região do Rio de Janeiro. É um ITF US$ 3 mil com pontuação maior por ter hospedagem e um evento bem forte. Minha expectativa é muito grande e sabemos que teremos toda a estrutura para os atletas. Eu e minha parceira Flávia vamos chegar muito bem preparadas e quanto mais jogadoras de alto nível tiver melhor para nós, pois nosso nível também cresce. Que vençam as melhores", apontou Samantha.

Campeão europeu, francês confirma presença

No masculino, o francês Theo Irigaray, 16º, confirmou presença. Atual campeão europeu, ele atua com o italiano Matthia Spoto. Nascido nas Ilhas Reunião e atualmente morando em Bordeaux, na França, ele estará pela primeira vez em Niterói. "Adoro o Brasil, é como o lugar de onde vim, com sol, calor e uma grande atmosfera da torcida", disse. "Ter vencido o Campeonato Europeu foi incrível, meu melhor momento da carreira. Parei de trabalhar este ano para dar tudo ao beach tennis . Vim do tênis e me apaixonei pela modalidade logo de cara. Muita gente joga todos os dias e as crianças estão passando a jogar cada vez mais cedo, está virando um esporte de temporada para os franceses."

O Rio Beach Tennis Tour fechou a lista profissional com atletas de 11 países. Além do Brasil e Itália, dois únicos países com mais de um título mundial por equipes na história, teremos jogadores da França, Rússia, Alemanha, Chile, Argentina, Venezuela, México, Letônia e África do Sul.

Outros brasileiros confirmados
Além das meninas, o Brasil já tem confirmações dos atletas que brilharam no ano passado no Mundial por equipes da Rússia em 2018 como os santistas Thales Santos e Marcus Vinícius Ferreira, que deram o ponto decisivo da conquista, o carioca Vinicius Font, que liderou o ranking mundial em 2014, sendo o primeiro não italiano a obter tal façanha. Font jogará com seu novo parceiro, o catarinense André Baran, com o qual conquistou títulos nos Estados Unidos no começo do mês. O niteroiense Ralff Abreu, ex-número 1 do país e top 30 mundial é outro confirmado.

As inscrições encerram nesta terça-feira e podem ser feitas pelo site http://cbt-tenis.com.br/beachtenis.php?pag=torneios nas categorias Dupla A (Avançado), B (Intermediário) e C (Iniciante) além das categorias de veteranos 40+ e 50+ e os jovens Sub 18 e Sub 14.

 

 

Comentários
Faberg
Roland Garros Series