Notícias | Dia a dia | Rio Open
Monteiro cede só cinco games e avança no Rio
19/02/2019 às 19h52

Vitória rende 45 pontos no ranking ao cearense de 24 anos

Foto: Fotojump

Rio de Janeiro (RJ) - Em seu primeiro compromisso no Rio Open, Thiago Monteiro estreou com vitória no ATP 500 disputado nas quadras de saibro do Jockey Club Brasileiro. O número 1 do Brasil e 126º do ranking precisou de apenas 68 minutos para marcar as parciais de 6/3 e 6/2 contra o português Pedro Sousa, experiente jogador de 30 anos e número 99 do mundo. Durante a rápida partida, Monteiro conseguiu sete quebras em oito games de saque do adversário.

A vitória desta terça-feira rende 45 pontos no ranking a Monteiro, que não defende nada nesta semana, já que perdeu ainda na primeira fase na edição passada do torneio. O cearense de 24 anos, entretanto, ainda precisaria descartar seis pontos de seu 18º e último resultado válido para o atual ranking. Com isso, o ex-número 74 do mundo se aproximar do grupo dos 120 melhores.

O adversário de Monteiro nas oitavas de final do Rio Open será o esloveno Aljaz Bedene, que surpreendeu o cabeça 3 italiano e campeão do ATP de Buenos Aires Marco Cecchinato por 7/5 e 7/6 (7-1). Monteiro jamais enfrentou Bedene, jogador de 29 anos e 83º do ranking, anteriormente no circuito.

A pontuação garantida no Rio já é a terceira melhor de Monteiro nas últimas 52 semanas, atrás apenas dos 100 pontos das quartas em Hamburgo (onde furou o quali) e dos 80 pelo título do challenger de Punta del Este. Caso chegue às quartas de final no Rio de Janeiro, o cearense receberá 90 pontos no ranking mundial.

Depois de não enfrentar break points em seus dois primeiros games de serviço, Monteiro logo conseguiu uma quebra para liderar por 3/1 depois de fazer português jogar todos os pontos. Quando poderia jogar mais solto, o cearense não sacou bem e cometeu muitos erros, que permitiram ao rival devolver a quebra. O número 1 do Brasil chegou a mostrar algumas variações de jogo e arriscar bolas curtas para voltar a quebrar, mas novamente não conseguia sustentar a vantagem e viu o rival reduzir a diferença para 4/3.

O oitavo game foi determinante para o resultado do set inicial. Monteiro voltou a pressionar o adversário para ter três break points. Sousa saiu do 0-40 e esteve a um ponto de fechar o game e empatar a partida, mas fez uma dupla-falta logo na sequência e prolongou o game. O cearense precisou de mais duas chances para voltar a quebrar e fazer 5/3. No momento de fechar o set, o canhoto de Fortaleza enfim reencontrou o melhor tempo de saque e fez um game limpo. Sousa liderou nos winners por 13 a 6, mas cometeu 10 erros contra apenas cinco de Monteiro.

O mau momento de Sousa no saque persistiu no segundo set. O português só venceu sete pontos dos 23 jogados em seus games de serviço e sequer conseguiu confirmar o saque. Monteiro chegou a trocar quebras com o adversário nos quatro primeiros games da parcial, mas deslanchou depois do empate por 2/2, para completar a vitória. Sousa terminou o jogo com 20 a 9 em winners, mas cometeu 24 erros contra apenas 10 do cearense.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series