Notícias | Copa Davis
Piqué rebate Federer e defende 'Nova Copa Davis'
15/02/2019 às 13h18

Piqué ao lado do presidente da ITF David Haggerty

Foto: ITF

Madri (Espanha) - Na última quinta-feira foi realizado o sorteio que definiu os grupos da fase final da ‘Nova Copa Davis’, que acontecerá entre os dias 18 e 24 de novembro. Os principais nomes por trás da reformulação da competição estiveram presentes na solenidade, entre eles o jogador espanhol de futebol Gerard Piqué, presidente do Grupo Kosmos, que está organizando o torneio junto com a ITF.

Alvo dos principais críticos das mudanças, Piqué voltou a defender a reformulação na competição, convencido de que a competição será um sucesso a longo prazo. Ele também rebateu aqueles que focam na sua pessoa as alterações feitas, casos do suíço Roger Federer e do australiano Lleyton Hewitt, dois nomes de peso no circuito que não aprovaram o novo formato.

“Ainda não falei com Gerard Piqué, mas admito que é um pouco estranho ver um jogador de futebol chegar e se intrometer no tênis. A Copa Davis não deve se tornar a Copa Piqué", disse Federer no US Open do ano passado. A nomenclatura ‘Piqué Cup’ pegou entre os críticos e é algo que o zagueiro do Barcelona não gosta muito de ouvir.

"Eu odeio isso porque não é sobre mim e eu não quero meu nome na competição", disse o espanhol ao Daily Mail. 'Acho que as pessoas usam esse nome porque não entenderam a mudança na competição e os motivos pelos quais estamos fazendo tudo isso. Temos que provar que eles estão errados”, complementou.

Capitão da Austrália na Copa Davis e ex-número 1 do mundo, Hewitt também fez uma avaliação contundente contra as mudanças. "Estamos sendo comandados por um jogador de futebol espanhol. É como eu saindo e fazendo alterações na Liga dos Campeões. É ridículo. Ele não sabe nada sobre tênis”, disparou o australiano.

"Respeito a opinião de Lleyton, ele foi um grande jogador. O que posso dizer é que, embora eu seja o presidente do Kosmos, estamos cheios de pessoas que conhecem o tênis, pessoas como Albert Costa, que ganhou um Grand Slam (e será o diretor das Finais da Copa Davis)”, rebateu o futebolista espanhol.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series