Notícias | Dia a dia | Australian Open
Osaka brilha, faz semi e mantém vivo sonho pelo nº 1
22/01/2019 às 23h50

Osaka soma 12 vitórias seguidas em Grand Slam

Foto: Ben Solomon/Tennis Australia

Melbourne (Austrália) - Na partida que abriu a quarta-feira na Rod Laver Arena, a japonesa Naomi Osaka mostrou um tênis muito firme e derrubou a ucraniana Elina Svitolina em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/1, após 1h12 de confronto. Atual número 4 do mundo, além de garantir uma vaga na semifinal do Australian Open, ela também assegurou seu melhor ranking.

Osaka será no mínimo a terceira colocada na WTA depois do primeiro Grand Slam da temporada, podendo ainda sonhar com a liderança. Ela ocupa provisoriamente a ponta do ranking (com os pontos somados em Melbourne), mas ainda disputa essa colocação com as tchecas Petra Kvitova, que está na semi do outro lado da chave, e Karolina Pliskova, que ainda está nas quartas.

Pliskova pode inclusive ter um duelo direto nessa briga se vencer a norte-americana Serena Williams, enfrentando Osaka na penúltima rodada em Melbourne. Caso vença a caçula das irmãs Williams, somente duas seguirão podendo alcançar a liderança e veremos uma reedição da final do último US Open na semi do Australian Open.

O primeiro set foi o mais equilibrado da partida, as sacadoras prevaleceram até o quinto game, quando se iniciou uma sequência de cinco quebras. Com três breaks a favor e dois contra, Osaka fechou a parcial por 6/4 e deu o primeiro passo para a próxima fase.

A japonesa se manteve firme na segunda parcial e viu Svitolina não encontrar respostas para seu jogo. Dominando as ações, Osaka abriu 5/0 de cara, com duas quebras a seu favor, e então só precisou administrar a confortável vantagem para fechar na primeira chance que teve.

Para chegar a sua 12ª vitória seguida em Slam, a nipônica mostrou a costumeira agressividade, anotando 31 bolas vencedoras e 25 erros não forçados. Do outro lado, Svitolina errou um pouco menos, foram 16 bolas não forças para fora, mas também não conseguiu compensar nos winners, terminando com apenas 11.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series