Notícias | Dia a dia | Australian Open
Nishikori prefere destacar recuperação à polêmica
22/01/2019 às 00h59

Melbourne (Austrália) - O japonês Kei Nishikori foi político ao comentar o ponto polêmico que ganhou contra o espanhol Pablo Carreño no tiebreak do quinto e decisivo set. Ele reconheceu a importância desse ponto no resultado final, mas preferiu destacar seu poder de reação, vencendo uma partida na qual havia perdido os dois primeiros sets.

"Bem, esse foi um ponto importante, mas vocês deveriam me perguntar como dei a volta por cima depois de perder os dois primeiros sets”, falou o japonês ao ser questionado sobre o lance controverso. “Isso foi apenas um ponto, talvez possa tê-lo afetado, mas ele parou por o jogo um tempo (discutindo com o juiz) e talvez isso pudesse ter me afetado”, acrescentou.

“De qualquer maneira, estou muito feliz com a forma como consegui me recuperar e muito feliz por vencer hoje”, complementou Nishikori, que depois do momento de polêmica não perdeu mais pontos, saindo de um desconfortável 5-8 no desempate final para fechar em 10-8 e assegurar assim sua vaga nas quartas de final do Australian Open, tendo agora pela frente o sérvio Novak Djokovic.

Nishikori tentará uma rara vitória sobre Djokovic na próxima rodada, tendo vencido apenas dois dos 17 embates entre eles. O japonês na bate o sérvio desde a semifinal do US Open de 2014, perdendo os 14 últimos duelos.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series