Notícias | Dia a dia | Australian Open
Soares celebra virada, Demoliner destaca solidez
19/01/2019 às 15h21

Soares e Murray venceram jogo de quase duas horas contra britânicos

Foto: Luke Hemer/Tennis Australia

Melbourne (Austrália) - Depois de uma difícil virória pela segunda rodada na chave de duplas do Australian Open, Bruno Soares comemorou bastante a virada conquistada ao lado de Jamie Murray diante dos britânicos Jonny O'Mara e Luke Bambridge no início da rodada deste sábado em Melbourne.

"Foi um jogo bastante duro.e de altíssimo nível. Não jogamos tão bem o primeiro set, mas depois melhoramos bastante. Estou bem feliz de ter ganhado esse jogo porque foi pedreira", disse Bruno Soares, após a vitória por 3/6, 6/2 e 7/5 em 1h58 de partida.

"O Jamie já conhecia bem essa dupla por eles serem britânicos. São novos no circuito e jogam super bem. Eles conquistaram dois ATPs ano passado e já fizeram um final esse ano", acrescenta o mineiro a respeito da dupla adversária, que conquistou títulos em Estocolmo e Eastbourne em 2018 e iniciaram a temporada com um vice-campeonato em Pune.

Campeões do Australian Open em 2016, Soares e Murray enfrentam nas oitavas de final o alemão Kevin Krawietz e o croata Nikola Mektic. "Nós estamos jogando bem, se mantivermos esse nível temos muita chance de passar para as quartas", complementa o experiente jogador de 36 anos, que inicia sua quarta temporada seguida parceria com o canhoto britânico.

Outro brasileiro garantido nas oitavas em Melbourne é Marcelo Demoliner. O gaúcho de 29 anos disputa apenas o primeiro torneio ao lado dinamarquês Frederik Nielsen e destacou a solidez da dupla após a virória por 6/3 e 6/2 sobre o croata Franco Skugor e o britânico Dominic Inglot, cabeças de chave número 10.

"Vitória sólida. Jogamos muito focados e pressionando o tempo todo. Vamos com tudo para as oitavas", vibrou Demoliner, após a rápida partida de 57 minutos neste sábado. Os próximos adversários são o norte-americano Rajeev Ram e o sul-africano Raven Klaasen. "É mais uma pedreira. Eles já venceram Grand Slam, mas vamos jogar com o mesmo foco, confiantes que podemos conseguir mais uma vitória".

Comentários
Faberg
Roland Garros Series