Notícias | Dia a dia | Australian Open
Soares e Murray têm trabalho e vencem de virada
19/01/2019 às 00h20

Soares e Murray são os cabeças de chave 3

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - A segunda rodada da dupla formada pelo mineiro Bruno Soares e pelo britânico Jamie Murray não foi das mais tranquilas. Neste sábado, eles saíram atrás diante dos britânicos Luke Bambridge e Jonny O’Mara, mas foram buscar a virada e se garantiram nas oitavas ao marcar 3/6, 6/2 e 7/5, em 1h58 de partida. 

Os próximos oponentes da parceria mineiro-britânica serão o alemão Kevin Krawietz e o croata Nikola Mektic, que surpreenderam os cabeças de chave 13, o croata Ivan Dodig e o francês Edouard Roger-Vasselin com parciais de 6/3 e 7/6 (7-5). 

Murray e Soares tiveram bastante trabalho no primeiro set e viram os rivais britânicos inspirados e cometendo pouquíssimos erros. Eles levaram a primeira quebra da partida, no terceiro game e depois não conseguiram buscar a igualdade, perdendo o saque ainda uma vez mais antes de os rivais fecharem a parcial. 

A situação mudou drasticamente no segundo set, em que a dupla mineiro-britânica elevou o nível nos primeiros games e acabou conquistando uma confortável vantagem de 4/0 com duas quebras a favor. Eles precisaram então apenas administrar a diferença até o final para empatar o placar. 

O terceiro e decisivo set foi o mais parelho de todos e a definição veio só na reta final. As quebras não vieram até o 11º game, quando Bruno conseguiu um lidíssimo lob sobre os britânicos para concretizar o quarto break-point que tiveram no game. Na sequência, ele e Murray sacaram para o jogo e fecharam no segundo match-point que tiveram. 

Afiado nas devoluções, Bruno ajudou nas seis bolas vencedoras de devolução que a dupla terceira mais bem cotada neste Australian Open fez durante a partida. Ao todo eles somaram 20 winners contra 31 de Bambridge e O’Mara, mas cometeram metade dos erros não forçados dos rivais (6 a 12). 

Comentários
Faberg
Roland Garros Series