Notícias | Dia a dia | Australian Open
Shapovalov vence e se aproxima de Djokovic
15/01/2019 às 05h35

Shapovalov pode cruzar com Djokovic na 3ª rodada

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Cabeça de chave 25, o canadense Denis Shapovalov fez bem o seu papel na estreia no Australian Open. Nesta terça-feira, ele encarou o espanhol Pablo Andújar e deixou pelo caminho seu primeiro oponente nas quadras do Melbourne Park, triunfando com parciais de 6/2, 6/3 e 7/6 (7-3).

Shapovalov vai assim se aproximando do confronto com o sérvio Novak Djokovic, com quem poderá cruzar já na terceira rodada. Porém, para que isso aconteça o número 1 do mundo deverá confirmar o favoritismo nos dois primeiros jogos, ao passo que o jovem canadense precisará superar seu próximo oponente.

Na segunda rodada, o rival do tenista de 19 anos, que joga o primeiro Grand Slam do ano apenas pela segunda vez, será o japonês Taro Daniel, que passou pela estreia sem conseguir vencer um set inteiro sequer. Ele contou com a desistência do convidado da casa Thanasi Kokkinakis, quando o placar apontava 5/7 e 4/2.

Semifinalista e algoz de ‘Nole’ no ano passado, o sul-coreano Hyon Chung sofreu para passar pela primeira rodada, precisando virar uma partida em que perdeu os dois primeiros sets para o norte-americano Bradley Klahn, fechando o jogo com parciais de 6/7 (5-7), 6/7 (5-7), 6/3, 6/2 e 6/4, após 3h37de batalha.

O próximo desafio no caminho do 24º pré-classificado na competição será o francês Pierre-Hugues Herbert, outro que saiu atrás no duelo com um norte-americano, batendo de virada o grandalhão Sam Querrey com o placar final de 5/7, 7/6 (8-6), 6/3 e 6/1. Chung venceu o francês no quali em Melbourne, quatro anos atrás e perdeu em Wimbledon naquele mesmo ano.

Pouco trabalho teve o belga David Goffin contra o chileno Christian Garin, que sucumbiu em 1h28 de embate, caindo com parciais de 6/0, 6/2 e 6/2. Na segunda rodada, o 21º favorito enfrentará o romeno Marius Copil, responsável pela eliminação do espanhol Marcel Granollers por 3 sets a 0, com 6/3, 6/4 e 6/4.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series