Notícias | Outros
Tênis 10: atleta de projeto social é campeão na Hípica
14/12/2018 às 15h25

À esquerda, o aluno do Tênis Solidário, Carlos Eduardo, campeão dos 9-10 anos iniciante, e o vice Joaquim Povoa.

Foto: Divulgação

Rio de Janeiro (RJ) - Foram definidos os campeões da etapa final de 2018 do circuito Liga Tênis 10, série de torneios com os talentos mirins das categorias de 5 a 10 anos de idade. O evento foi realizado na Hípica do Rio de Janeiro, contando apenas com um dia e duas categorias,  9-10 Anos Iniciante e 10 anos.

Destaque para Carlos Eduardo, atleta do projeto social Tênis Solidário, em Pilares, para alunos carentes. Ele foi o campeão da categoria 9-10 anos Iniciante derrotando na final Joaquim Povoa. É o segundo título de Carlos, que venceu a etapa do clube Monte Líbano. Na categoria 10 anos, a medalha dourada ficou com Rafael Carvalho, que derrotou Bernardo Cantisano na decisão.

Esta foi a terceira temporada da Liga Tênis 10, com etapas realizadas no Monte Líbano, que recebeu duas etapas, Piraquê, Tijuca Tênis Clube, Sumaré Esportes, em São Paulo, primeira etapa fora do Rio de Janeiro, na Hípica, e uma etapa em abril na Europa, em Krsko, na Eslovênia, totalizando 250 atletas.

"O balanço é superpositivo e atingimos nosso objetivo de massificar o esporte, dar a oportunidade de as crianças competirem, várias delas disputaram outros eventos. A Liga Tênis 10 teve um incremento em número de atletas e em clubes aqui no Rio de Janeiro, estreamos em São Paulo e na Europa. Para 2019, pretendemos ampliar ainda mais pelo Brasil, com mais cidades e cada vez mais meninos e meninas jogando, competindo", disse Bruna Assemany, formada em Educação Física e que por cinco anos coordenou o Tennis Kids da academia Tennis Route. Bruna desenvolveu seu método baseado no conceito Play and Stay através de cursos e programas nas principais escolas de tênis infantis pelo mundo.

Bruna também destacou o lado sustentável e social da Liga Tênis 10. " O que é melhor é o feedback que escutei por toda a parte de pais e treinadores revelando o estímulo na criançada para seguir treinando firme para as etapas do próximo ano. Fizemos nossa parte para o mundo sustentável. A Liga Tênis 10 ofereceu às crianças sementes nas credenciais para serem plantadas, seja onde for. Plantas e flores por um mundo mais harmônico com a Natureza, enfatizando o quanto ela é importante para nós seres humanos. Também fizemos nossa parte com o incentivo às camadas menos favorecidas da sociedade, com pelo menos quatro vagas destinadas de forma gratuita a alunos de projetos sociais. Tivemos alunos do Tênis Solidário, Arremessar para o Futuro, Gol de Letra, Tênis na Lagoa, e alguns deles levantaram os títulos. Estamos muito felizes," comentou Bruna Assemany.

Para finalizar o ano, a Liga Tênis 10 irá promover um aulão na Cruzada São Sebastião, na comunidade do Leblon, no Rio de Janeiro, comandada por Bruna e o professor Gugu Coelho, com os jovens carentes locais.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis