Notícias | Outros
Alves sobe no ranking da ITF e Brasil tem 7 top 100
11/12/2018 às 14h33

Alves ganhou 15 posições na última atualização do ranking da ITF

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Semifinalista do Orange Bowl na semana passada, na Flórida, Mateus Alves ganhou terreno no ranking mundial juvenil. O paulista de 17 anos subiu 15 posições na lista da ITF e aparece no 48º lugar desde a última segunda-feira.

Apesar da ótima campanha, que rendeu 185 pontos, Alves ainda não alcançou a melhor marca de sua carreira no ranking. Seu recorde pessoal foi a 31ª posição, alcançada ainda em março deste ano. Lembrando que ele deve subir ainda mais na virada do ano, quando os tenistas nascidos em 2000 saírem do atual ranking.

Dois juvenis brasileiros aparecem entre os 15 melhores do mundo. O paranaense de 18 anos Thiago Wild é o nono colocado, enquanto o brasiliense de mesma idade Gilbert Klier Júnior está na 11ª posição. Ambos estão no último ano de circuito juvenil em suas carreiras.

Abaixo do top 50 aparecem outros quatro brasileiros, o baiano de 16 anos Natan Rodrigues é o 59º do ranking, o pernambucano de 18 anos João Lucas Reis está no 74º lugar, o paulista de 17 anos Matheus Pucinelli está na 80ª posição, enquanto o paulista de 18 anos Igor Gimenez é o número 100 do mundo.

Apenas dois países tem mais jogadores no top 100 do ranking masculino da ITF que o Brasil. Um deles é a Argentina, que tem oito nomes entre os cem melhores do mundo, incluindo dois top 10, o número 3 do mundo Sebastian Baez e o sexto colocado Facundo Diaz Acosta. O recorde pertence aos Estados Unidos, que tem treze nomes entre os cem melhores do mundo, incluindo dois top 10.

No feminino, a melhor brasileira é Ana Luiza Cruz, paulista de 17 anos e 138ª colocada. Apenas quatro sul-americanas aparecem no top 100. A colombiana Maria Camila Osório Serrano é número 5 do mundo, depois as argentinas Maria Lourdes Carlé e Ana Geller aparecem no 55º e 56º lugares, já a peruana Dana Guzman está na 83ª posição.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis