Notícias | Beach Tennis
Beach tennis: Brasil fatura 10 medalhas no Pan
12/11/2018 às 22h08

Atuais campeões mundiais dominaram no Profissional e juvenis tiveram excelente desempenho.

Foto: Divulgação

Oranjestad (Aruba) – O Brasil fez bonito mais uma vez no ITF Pan-americano de Beach Tennis, disputado entre sexta-feira e domingo, em Oranjestad, Aruba. A seleção brasileira conquistou seis títulos e quatro vice-campeonatos nas 12 categorias que disputou e manteve a hegemonia na competição.

Os atuais campeões mundiais por equipes dominaram a categoria Profissional e arrebataram os três títulos. Marcus Ferreira e Thales Santos sagraram-se campeões nas duplas masculinas ao vencerem os venezuelanos Ali Colmenares e Nacho Guedez por 6/1 e 6/4 e levantaram o troféu pela quarta vez.

Nas duplas femininas, em final 100% brasileira, Joana Cortez e Rafaela Miiller superaram Lorena Melo e Marcela Vita por 6/2 e 6/3. Este foi o sexto título pan-americano consecutivo de dupla feminina de Cortez, que ganhou todas as edições desde o campeonato inaugural em 2013. Nas duplas mistas, Joana faturou mais um troféu, ao lado de Vinicius Font, o quinto seguido dela nesta categoria. Na decisão, eles bateram os venezuelanos Nacho e Patricia Diaz por 6/2 e 6/3.

Nas categorias juvenis foram mais seis medalhas. A equipe nacional também dominou a categoria sub 14 com duas decisões 100% nacionais. Na final masculina, Augusto Oliveira e Emílio Giorgetta venceram João Pedro Melo e Ricardo Santos por 4/2 e 4/1 e sagraram-se campeões. No feminino, Vitória Marchezini e Sofia Parenti ganharam das venezuelanas Marcela Cortez e Ivanna Degwitz por 4/0, 3/5 e 4/1 e conquistaram o título. Na decisão das duplas mistas, Marchezini e Ricardo Santos derrotaram Luana Nery e João Pedro Melo por 5/4(3), 1/4 e 4/2 e foram os campeões. Nos 16 anos masculino, Gustavo Russo e Pedro Consiglio ficaram com o vice-campeonato.

A coordenadora do Departamento de Beach Tennis da Confederação Brasileira de Tênis, Larissa Boechat, que acompanhou a delegação brasileira em Aruba, destacou o excelente desempenho de todas as equipes. "Foi muito importante para o Brasil participar mais um ano do Pan-americano, desta vez também com a equipe juvenil. Foi uma competição com alto nível técnico, temos uma nova geração muito talentosa vindo por aí, e mais uma vez a categoria profissional mostrando o porquê de sermos os atuais campeões mundiais. Todos fizeram ótimos jogos e representaram muito bem o Brasil", afirmou.

Confira o quadro de medalhas

Pro Feminino:
Campeãs: Rafaella Miiller / Joana Cortez
Vice: Marcela Vita / Lorena Melo

Pro Masculino:
Campeões: Thales Santos / Marcus Ferreira

Pro Mista:
Campeões: Joana Cortez / Vinicius Font

Sub 14 Feminino
Campeãs: Vitória C. Marchezini / Sofia Parenti

Sub 14 Masculino:
Campeões: Augusto S Oliveira / Emílio C. Giorgetta
Vice: João Pedro Melo / Ricardo G. Santos

 Sub 14 Mista:
Campeões: Ricardo Santos / Vitória Marchezini
Vice: João Pedro Melo / Luana Nery

 Sub 16 Masculino
Vice: Gustavo P. Russo / Pedro Consiglio

Comentários